Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Alunos da Escola do Futuro de Goiás competem em evento internacional de robótica

Os selecionados da unidade EFG vão concorrer na categoria Robô FRC UP, na idade de 14 até 18 anos
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Realizada em diferentes países e, este ano, o Brasil sediará a disputa fora da temporada a fim de mostrar o potencial das equipes brasileiras para avaliadores nacionais e internacionais (Foto: Unsplash/Jelleke Vanooteghem)

Estudantes da Escola do Futuro do Estado de Goiás (EFG) José Luiz Bittencourt, localizada no Bairro Floresta, em Goiânia, vão participar, entre os dias 5 e 7 de agosto, da First Robotics Competition (FRC). O evento internacional, conhecido como Olimpíada de Robótica, será sediado no Rio de Janeiro e contará com a presença inédita de estudantes da EFG.

Composta por oito alunos e três professores do curso de Linguagem de Programação em Python das Escolas do Futuro, a equipe será desafiada a projetar, construir e programar robôs em tamanho industrial para competir em uma arena. Os participantes precisam se organizar para arrecadar fundos, desenvolver uma marca e executar alguma iniciativa relacionada à ciência e tecnologia.

Composta por oito alunos e três professores do curso de Linguagem de Programação em Python das Escolas do Futuro, a equipe será desafiada a projetar, construir e programar robôs em tamanho industrial para competir em uma arena (Foto: Divulgação/Sedi)

A FRC é realizada em diferentes países e, este ano, o Brasil sediará a disputa fora da temporada a fim de mostrar o potencial das equipes brasileiras para avaliadores nacionais e internacionais. Anualmente, a competição é promovida em formato de torneios regionais e nacionais, oportunidade em que os campeões se classificam para o mundial dos Estados Unidos.

Os estudantes selecionados da unidade EFG vão concorrer na categoria Robô FRC UP, na idade de 14 até 18 anos. O professor Jefferson Lorençoni treina o grupo de alunos de Robótica desde o ano passado. Este é o segundo evento de classificação internacional que as EFGs participam. A primeira ocorreu entre os dias 15 e 19 de junho, na Campus Party Goiás 2022. Em novembro de 2021, os alunos também participaram do 1° Torneio de Robótica de Arrancada Unigoyazes.

O professor ressalta a importância das Escolas do Futuro na formação profissionalizante dos estudantes em Goiás. “O projeto desenvolvido pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Inovação (Sedi), em convênio com o Centro de Educação, Trabalho e Tecnologia (CETT-UFG), ajuda a suprir a carência de mão de obra nas áreas de Robótica, Montagem Industrial, Internet das Coisas, Inteligência Artificial, Aprendizagem de Máquinas e Linguagem em Programação de Computadores”, afirma.

A participação nas Olimpíadas da Robótica deve estimular a permanência dos alunos nas unidades de ensino e diminuir os índices de evasão/desistência (Foto: Divulgação/Sedi)

Para Jefferson, a participação nas Olimpíadas da Robótica deve estimular a permanência dos alunos nas unidades de ensino e diminuir os índices de evasão ou desistência. “Nossa expectativa é a de que a ação estimule também a chegada de novos alunos para os cursos gratuitos que a instituição oferece”.