Verão nos trópicos

A Blue Man apresentou na última edição Fashion Rio uma coleção pautada na valorização da cultura brasileira, tendência disseminada entre os desfiles do Minas Trend Preview, também ressaltando as características da grife presentes desde sua origem, principalmente quanto às estampas florais e animais além do beachwear em jeans.

A coleção gira em torno da temática “Terra Brasilis”, onde a grife afirma ser a “representação do que é nosso”, o que de fato demonstrou na passarela, tanto referindo-se à cultura brasileira da fauna e flora presente nas estampas, quanto às características peculiares que permaneceram no DNA da marca mesmo após a morte de seu criador David Azulay em 2009. No release, a Blue Man traz outra evidência da tendência de valorização quando diz “não cruzamos oceanos para buscar moda”, referindo-se a maçante utilização do estilo norte-americano e europeu nas coleções brasileiras.

O beachwear em jeans proposto por Thomaz Azulay, atual diretor criativo, surgiu mais leve para a estação e com lavagens claras, remetendo ao estilo de David Azulay na década de 1970, assim como o uso de tie-dye em modelos de maiô com recortes ousados, principalmente quanto aos modelos engana-mamãe, que aportaram na passarela com um mix de jeans.
O material também esteve presente nos shorts com estampas tie-dye, mesclados ao couro píton nas mochilas amplas e nos acessórios masculinos, bem como colares trançados e nas espadrilles (sapatos rústicos de solado com cordoaria), hit de Verão 2012, confirmando na coleção também como aposta de calçado masculino, também encontrado em cores chapadas e em estampas tropicais. Estas invadiram os calções masculinos, que vieram mais curtos e levemente folgados, como a camisaria para a temporada, as sungas-shorts e com os coqueiros e a fauna brasileira, como as araras, arrematadas com cós em jeans claro.

Deixe um comentário


Confira também