Beleza Sustentável

Várias marcas estão entrando na luta por um planeta mais “verde”, a Natura é uma delas Até o dia 5 de agosto, a empresa está recebendo inscrições de projetos para o edital do Programa Carbono Neutro. A Natura selecionará projetos de redução de emissão e/ou remoção de gases que causam o aquecimento global para compensar as emissões do biênio 2011/2012. As unidades de redução serão adquiridas com o objetivo de compensar as emissões verificadas conforme inventário de emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) da Natura referente a este biênio. A novidade deste ano é que, além do Brasil, outros países da América Latina (Argentina, Chile, Colômbia, México e Peru) também podem se inscrever. Os interessados poderão submeter suas sugestões por meio do site www.natura.com.br/carbononeutro.
“Buscamos projetos dotados de mecanismos eficazes na comprovação de redução/remoção das emissões de GEE, alinhados aos nossos objetivos e que levam em conta benefícios socioambientais localmente relevantes. Geração de renda, conservação da biodiversidade, uso sustentável e perfil inovador são outras características que serão observadas no processo de seleção. Assim, conseguimos engajar todos que se relacionam conosco e que possuem a mesma vontade de construir um sistema mais inclusivo e sustentável para a sociedade atual e futuras gerações”, explica Marcelo Cardoso, vice-presidente de desenvolvimento organizacional e sustentabilidade da Natura. Para o biênio 2009 e 2010, a Natura selecionou seis projetos que neutralizarão as emissões de 2009 (232.827 toneladas de CO2e) e 2010 (253.312 toneladas de CO2e).
Programa Carbono Neutro – A Natura tem um compromisso de longa data com o desenvolvimento sustentável. Por isso, implantou em 2007, o Programa Carbono Neutro destinado a reduzir de forma contínua suas emissões de GEE em todas as etapas de sua cadeia produtiva – desde a extração de insumos para produção de matérias-primas e de materiais para embalagens, passando por processos internos e o transporte de produtos, até o seu descarte. O que não é possível reduzir nos processos de produção da empresa, é compensado com a aquisição de créditos de carbono de projetos externos, selecionados por meio de edital público. A meta é a redução relativa de 33% nas emissão de GEEs até 2013.

Deixe um comentário


Confira também