Tendência na decoração: da berinjela ao azul bic

Em projetos de decoração, as cores têm papel superimportante, ao lado de diferentes acabamentos como rústico, madeira, fibra, entre outros, e peças de fino design. Sabendo usar, o colorido nos ambientes pode dar um aspecto informal, moderno ou elegante, dependendo da proposta. O mais importante é ter peças usáveis, agradáveis e visualmente convidativas.

Se o ambiente tem bastante luz natural, vale abusar da berinjela, uma variação dos violáceos das mais requintadas. Peças que vão da berinjela ao revigorante azul transitam perfeitamente tanto na moda como na decoração de diferentes estações, indo do verão ao inverno. Dá para misturar peças em outras cores com estas tonalidades, que podem ser aplicadas em móveis grandes e até na parede sem ficar cansativo.

O azul bic e também o jeans está por toda parte, em cadeiras, poltronas, sofás, mesinhas e outras peças. Já as variações da berinjela são elegantes e se enquadram em todos os estilos de decoração. Em geral, o azul prevalece nessas tonalidades, esbanjando sobriedade e sofisticação.

A cor berinjela pode ser um diferencial na sala de estar com sofá, como o exemplo da peça Laredo com dois lugares, braço e linhas retas, ou como as poltronas Núbia ou Bridge, ambas da Fort House. Entre as peças de design é possível encontrar objetos em diversas tonalidades que vão do berinjela ao azul, como a mesa lateral duomo, o puff eliz e a cadeira tarja, ambos do designer Jader Almeida, fabricados pela sollosbrasil.

A mesinha Gim Alumínio, da Móveis Caju, e o Banquinho Tivole, da Móveis Sérgio Berti, ambos do designer Ronald Scliar Sasson demonstram que não importa a forma ou o material, essas cores realmente fazem diferença na decoração moderna e atual. Mas, se a ideia é mesclar cores com azul, a tonalidade cai muito bem com diversas outras, entre elas o branco, como no moderno e aconchegante Ofurô e a poltrona 312, ambos da Fibra móveis.

O que vale é dar um pouco de cor a vida, sair da mesmice e alegrar o olhar. A decoração deve trazer contentamento aos moradores ou usuários dos ambientes, pois o prazer está também no aconchego.

Deixe um comentário


Confira também