Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Shop Ginger, de Marina Ruy Barbosa, lança sua primeira coleção oficial

Nova coleção apresenta o DNA fashion da marca com peças inéditas em alfaiataria, jeans e malha
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
(Foto: Fernando Tomaz)

Após o lançamento de sua coleção cápsula de moletons, a Shop Ginger apresenta “Cena 1” – a sua primeira coleção oficial. Como em um roteiro de uma peça de teatro, a nova coleção entra em cena e dá início a história da marca no mundo da moda. Entre os protagonistas estão peças de alfaiataria, jeans, malhas e vinil que prometem roubar os holofotes nessa próxima temporada.

“Estamos muito felizes em apresentar a nossa primeira coleção de roupas, que traz muito da nossa visão e estética. Estávamos ansiosas para mostrar essa nova versão da Ginger para o mundo. São peças que têm um forte apelo de design e são cheias de personalidade – criamos uma identidade própria, única, que deixa claro quem é a mulher Ginger. Nossos primeiros lançamentos foram muito importantes, mas agora entramos em uma nova etapa enquanto marca”, comenta a atriz Marina Ruy Barbosa, fundadora da marca.

Com fortes referências do universo da arte contemporânea, a nova coleção é composta por 24 modelos que montam um guarda-roupa editado e que também possibilitam diversas composições e propostas. A inspiração no movimento Bauhaus vem à tona nas formas e linhas simplificadas, dando destaque à forma e exaltando o design e a construção das peças. Detalhes geométricos, formas estreitas e recortes arredondados permeiam toda a coleção e trazem sofisticação aos detalhes. A paleta de cores é sóbria e elegante, trazendo as cores preto, off white, ecru e azul claro. O famoso tom laranja “Ginger”, característico da marca, está presente nas principais peças da coleção.

Uma das especialidades promete ser a alfaiataria, que faz seu debut em peças especiais. O blazer Hilda é uma das peças favoritas por sua usabilidade e construção – uma modelagem reta com comprimento alongado e lapelas largas. O toque especial fica no acessório, um peplum removível no mesmo tecido que possibilita transformar a peça em um vestido. A saia e o shorts de mesmo nome tem detalhes arredondados e sobreposição do próprio tecido. Já os tops de alfaiataria trazem designs únicos em formato coração e bola com detalhes em pesponto e prometem ser os novos ícones da marca. A camisa Anita é destaque: com um primoroso trabalho de faixas, é elaborada na técnica de alta costura Moulage – um método de modelagem tridimensional feito em cima do manequim.

As primeiras peças jeans da Shop Ginger também têm um lugar especial na coleção. Resgatando o icônico shape dos anos 1980, a calça tem cintura alta, detalhe lateral em sarja branca e boca reta. A jaqueta traz mangas amplas, ombros estruturados e ombreiras removíveis. O shorts segue os mesmos detalhes das demais peças, com cintura alta, bolsos baixos e detalhes distintos. O tecido é um elemento de destaque – um denim 100% algodão que utiliza matéria-prima reciclada, reduzindo até 95% do consumo de água e até 90% no consumo de químicos. O tecido não é tinto, o que traz um apelo raw e moderno às peças.

A coleção também apresenta um novo conjunto de moletom unissex de modelagem ampla com desenho fluido e arredondado. Entre outras criações, estão as peças essenciais para o dia a dia: camisetas feitas em fibras de cânhamo, regata e body versáteis para compor diversas produções, além de peças leves e confortáveis em malha canelada – vestido, saia, blusa, e regata em até três opções de cores.

Os materiais e embalagens reforçam a vontade da marca em ressignificar e fazer escolhas mais conscientes. Os tags das roupas são feitos de papel semente – um papel reciclado, ecológico e artesanal que pode ser plantado para se tornar lindas cenouras. As etiquetas são de fio reciclado. A Shop Ginger também criou ecobags reutilizáveis, produzidas com material biodegradável. Já as embalagens de papel para o envio de produtos têm o selo eureciclo, que garante recompensação ambiental e gera incentivos para aumentar a taxa de reciclagem no país. A nova coleção traz uma novidade: cabides feitos de papel reciclado, ressignificando o uso de cartas de amor, notícias antigas ou croquis de moda.

O primeiro drop da nova coleção já pode ser encontrado no site www.shopginger.com.br , com novas peças sendo lançadas ao longo do mês.

(Foto: Fernando Tomaz)
(Foto: Fernando Tomaz)
(Foto: Fernando Tomaz)