Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Galeries Lafayette celebra a capital francesa com a inauguração da campanha “Paris Mon Amour”

Lançamento contou com a participação de Anne Hidalgo, prefeita da cidade
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
(Divulgação)

Até 31 de agosto a tradicional loja de departamentos do Boulevard Haussmann, celebra Paris, sua ‘art de vivre’ e sua riqueza cultural. Nesse sentido, todas as vitrines do histórico edifício expressam sua declaração de amor à capital por meio de uma série de imagens captadas pelo fotógrafo parisiense Thibaut Grevet que enaltecem os locais mais emblemáticos da cidade, da Place de la Concorde ao boêmio bairro de Pigalle, passando pela Torre Eiffel e pelo Canal Saint Martin.

Durante a cerimônia de abertura os parceiros convidados nesta iniciativa contribuíram com variadas e inéditas performances: a grife parisiense AMI instalou um monumental coração vermelho exatamente sob a famosa cúpula neobizantina da loja e mascotes da Disneyland Paris ganharam os corredores enquanto as bailarinas do Moulin Rouge brindaram o público com um espetáculo no terraço.

A programação da campanha seguirá por todo o verão europeu acompanhada de uma criteriosa seleção de marcas e produtos locais, entre eles Atelier de Paris, que oferece artigos com o selo Fabricado em Paris que beneficiam, por meio da iniciativa solidária de se arredondar o valor de uma compra, em prol de um fundo de doações que permite o desenvolvimento e a valorização de artesãos da moda e do design em Paris.

À ocasião da inauguração da campanha o diretor geral da Galeries Lafayette, Nicolas Houzé, declarou: “Assim como estamos retomando gradativamente uma vida normal, é primordial para nós relançarmos Paris como destino turístico, colocando-a no centro de nossa campanha. Paris Mon Amour é, ainda, uma forma de celebrar a resiliência que todos nós mostramos, assim como a nossa capacidade de olhar para um futuro mais sereno, promovendo o que faz de Paris ser uma cidade incomparável para visitantes franceses e internacionais”.

Bailarinas do Moulin Rouge no telhado da Galeries Lafayette Haussmann (Divulgação)