Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Escadas: sinônimo de conforto e funcionalidade

Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
As escadas são elementos construídos com a finalidade de ligar locais com diferentes níveis. Certamente, estão entre os elementos mais antigos das construções e diariamente temos de lidar com elas. As escadas podem ser feitas de vários materiais diferentes e apresentar inúmeros formatos. Podem ser compostas de alguns poucos degraus ou ligar diversos andares de um prédio.

Se tratando de escadas em casas residenciais, ela deve ser escolhida conforme seu objetivo e sua decoração. Vanderlei Ribeiro, gerente de vendas da Ferragens Pinheiro, dá algumas dicas importantes para quem quer investir não apenas na necessidade e conformidade das escadas, mas na decoração e segurança que elas devem apresentar.

“Antes mesmo de começar querer construir uma escada na sua casa, precisamos entender como elas funcionam. As escadas são compostas por degraus. Cada degrau é composto pelo piso (ou passo) – a parte plana onde pisamos -, e pelo espelho, a parte vertical. As ditas escadas vazadas são destituídas desse elemento vertical entre um piso e outro e, dessa forma, é possível ver através delas. Ainda assim, a distância entre cada degrau é chamada de espelho”, explica Vanderlei.

Pisos e espelhos

A importância de se entender o que é o piso e o que é espelho nas escadas, na avaliação do gerente de vendas, está no fato de que as escadas devem ser calculadas na fase do projeto de qualquer construção e, para isso, devemos dividir a diferença de nível entre os andares que a escada ligará pela altura do espelho. O resultado da conta é o número de degraus que a escada terá.

Uma das dicas que o gerente da Ferragens Pinheiro oferece para quem tem pouco espaço na casa, seria a escada helicoidal. Além de ocupar um canto pequeno na residência, ela é extremamente moderna e charmosa, na avaliação de Vanderlei.

Todos os degraus de uma escada devem estar equidistantes uns dos outros, ou seja, os espelhos devem ter sempre a mesma altura sob pena de se tropeçar ao subir ou ao descer. Nosso cérebro se acostuma com a altura dos primeiros degraus e se programa para os próximos. É por isso que conseguimos subir ou descer uma escada no escuro sem tropeçarmos.

Vanderlei ainda faz questão de lembrar para uma questão importante sobre as escadas: a segurança. Escadas com pisos muito estreitos, com degraus de alturas variáveis ou com revestimentos escorregadios podem provocar acidentes. Outro fator importante é o uso de guarda-corpos e corrimãos – eles auxiliam bastante no equilíbrio e aumentam a segurança.

A escada pode ser inda um ponto de referência quando o assunto é decoração. Sem falar que, em baixo dela, quase sempre se forma um nicho de espaço que pode ser utilizado. Muitos arquitetos projetam adegas, bibliotecas, escritório ou até mesmo espaços para descanso logo abaixo da escada.