Decoração é um problema? Confira as dicas da arquiteta Bruna Castro

Decorar uma residência nem sempre é uma tarefa fácil. Em tempos de crise e de redução de custos, projetos podem ser adiados ou abandonados em função dos custos. Mas com criatividade é possível renovar os ambientes sem gastar muito. Confira as dicas de Bruna Castro, arquiteta da construtora Tecnisa, para transformar o que seria um problema em solução.

1) O primeiro passo é a pintura das paredes. Utilize sempre uma base clara e neutra como branco ou off white e escolha algumas paredes ou ambientes para abusar na cor. Isto já transformará o ambiente e você não precisará gastar com papel de parede, revestimentos em tecidos ou painéis de madeira.

2) Na hora da compra dos móveis vale pesquisar em pontas de estoque, feiras e até aguardar a troca de coleção do show room que normalmente acontece nos meses de janeiro e fevereiro. Se você já tem algum móvel veja o que pode ser reaproveitado. Uma capa para o sofá ou uma nova pintura na mesa os deixará com cara de novos!

3) Cortinas e tapetes são mais difíceis de serem reaproveitados, pois normalmente são feitos sobre medida para a janela ou o ambiente. No caso da cortina vale comprar o tecido em tecelagens, fazer a bainha você mesmo ou solicitar à sua costureira de confiança. Os suportes são facilmente encontrados em lojas especializadas. Já os tapetes podem ser comprados já cortados e não sobre medida, a redução do custo normalmente é drástica! Utilizar carpetes cortados sob medida também pode reduzir muito o custo!

4) Quadros e telas são facilmente substituídos por espelhos (que além de decorar ampliam o ambiente) ou por fotos e ilustrações emolduradas. O custo deverá ser mais baixo.

5) Na hora de produzir os ambientes com objetos vale sempre abusar das velas, porta-retratos, revistas de moda ou arquitetura (substituindo os livros de arte), flores e principalmente objetos que você já tenha. Isso fará com que a casa tenha a sua cara e seja repleta de boas lembranças.

Deixe um comentário


Confira também