Casa Amarela na Casa Cor Brasília 2010

A Casa Amarela, empresa especializada em leilões de arte e venda de peças antigas, participa, pelo segundo ano consecutivo, da Casa Cor Brasília com muito estilo. Mais uma vez este ano, o espaço escolhido foi o “Antiquário”, que apresenta peças de arte de épocas e de estilos diferentes. Entre os destaques estão mobília de jacarandá, do início do século XX e peças clássicas francesas, do século XIX; além dos quadros de artistas antigos e contemporâneos, como Victor Brecheret, Clovis Graciano, Siron Franco e Bruno Giorgi.

O ambiente traz um design moderno e clássico de encher os olhos. As arquitetas parceiras, responsáveis pelo projeto de decoração, Maria do Carmo Araujorge e Fátima Madeira, integraram peças raras ao espaço. De acordo com Sílvia de Souza, diretora da Casa Amarela, objetos de renome dão um ar sofisticado à decoração. “Além de nos preocuparmos com a disposição dos artigos que têm grande história, eles realçam os móveis e apresentam uma sintonia maravilhosa na organização das cores. O objetivo é se sentir em um ambiente confortável e elegante”, diz. Vasos chineses, objetos da Companhia das Índias, lustres italianos, coleção de santos do século XVIII e XIX, entre outras curiosidades, são algumas das atrações. Todas as peças e mobiliários estão à venda.

Os preços das peças variam entre R$ 100 a R$ 750 mil – uma excelente oportunidade para quem está reformando a casa e quer encontrar opções de peças raras. O ambiente, que oferece objetos de decoração e móveis em um só lugar, também conta com a consultoria da equipe da Casa Amarela. Além de orientar os visitantes quanto à melhor forma de integrar obras antigas com objetos contemporâneos, os profissionais indicam o que pode vir a ser um bom investimento.

Esta é a segunda edição da Casa Cor que conta com a participação da Casa Amarela. Para marcar o evento, a casa de leilões terá, na entrada, uma escultura de dois metros do Vitor Brecheret, chamada “Nu Feminino”, da década de 20.

Sobre a Casa Amarela – Sediada em São Paulo, a Casa Amarela inaugurou sua filial em Brasília em 2002, na Academia de Tênis; mas realiza leilões na capital federal desde 1994. Sua diretora, Silvia de Souza, tem como experiência mais de 1.000 leilões de arte, realizados nos quatro cantos do Brasil. A leiloeira conta com o suporte dos gerentes regionais, Rogério Trindade e Fernando Silveira. A loja em Brasília, gerenciada por Rogério Trindade, funciona perto da bilheteria do Cine Academia.

Sobre Fátima Madeira – Com 30 anos de profissão, a cearense Fátima Madeira é formada em Pedagogia, mas decidiu seguir a carreira de Design de Interiores depois de vários cursos que realizou na área. Fátima foi diretora da Escola Parque 308 Sul, instituição tombada pelo IPHAN – órgão do Ministério da Cultura que tem a missão de preservar o patrimônio cultural brasileiro.

Sobre Maria do Carmo Araujorge – Nascida em Niterói se formou na Universidade Federal do Rio de Janeiro, em Arquitetura e Design de Interiores. Com mais de 30 anos de experiência na área ela veio morar em Brasília há 24 anos. Maria do Carmo é uma admiradora da arte contemporânea, mas diz respeitar o gosto dos clientes nos seus projetos. Esta é a 10º edição da Casa Cor Brasília que conta com a participação da arquiteta.

Serviço:

O que: Casa Cor Brasília 2010

Quando: De 8 de outubro a 17 de novembro de 2010

Onde: Antiga sede da CEB, 904 Sul

Quem promove: Casa Cor

Horário: De terça a domingo, das 12h às 22h

Quanto: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

Deixe um comentário


Confira também