Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Emilio Pucci Fall Winter 2021

Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Para a Emilio Pucci, o Resort é um estado de espírito, um jeito de ser. O espírito Pucci, aliás, é ensolarado, mesmo em pleno inverno, esbanjando alegria, energia e otimismo, no frescor das cores, no ritmo das estampas. Tudo remonta ao próprio Emilio Pucci, o visionário fundador da maison italiana, que se antecipou a tantas inovações. Como um viajante e um homem ativo, ele traduziu suas criações e sua moda com a mesma vitalidade. Ele abriu a primeira boutique em Capri, mas na verdade começou sua carreira em 1947 nas pistas de esqui da Suíça, e adorava “Puccificar” todas as estações.

A nova coleção Outono/Inverno 2021 da Emilio Pucci, idealizada por um renovado time criativo que está à frente do design há algumas temporadas, celebra um inverno ensolarado com trajes resort que vão de St Tropez à St Moritz. As cores são alegres, refinadas e audaciosas; o corpo é leve e livre, atlético, com estampas rodopiando: shorts e saias com transparências revelam pernas sempre enfeitadas, nunca nuas.

A modernidade impregna a ideia de um guarda-roupa modular, de peças separadas, que podem ser combinadas de maneiras infinitas de acordo com as vontades individuais. Jaquetas bomber acolchoadas, blusões e shorts curtos, polos e bodysuits em jacquard de mohair, túnicas e casacos dupla face, macacões, vestidos plissados leves e vestidos de chiffon com transparências, decorados com cristais e penas são os destaques de uma coleção que carrega todo o DNA da Emilio Pucci, infundido com tons de marfim, amarelo, rosa, laranja, nude e petróleo. Os mesmos tons caracterizam as estampas Cervinia, Cortina d’Ampezzo, Specchi, Clessidra, Nuages e Nappine: prints e desenhos icônicos, direto dos arquivos da Pucci foram atualizados e dessaturados.

O clima invernal pede peças acolchoadas e com cara de edredom e a Emilio Pucci traduziu esse conforto em jaquetas bomber e em shorts em seda ou veludo técnico, com preenchimentos sustentáveis feitos de fibras de seda natural e de garrafas R-PET. O tecido dos macacões de esqui também é feito de náilon reciclado, em alinhamento com o compromisso da Pucci em dar ênfase a questão da sustentabilidade em suas coleções.

Um exercício de cor e estampa que atualiza o legado da maison italiana, espalhando os desejados prints em lugares inesperados e levando requinte e alegria por todos os lados. Uma coleção que incorpora estilo moderno da Emilio Pucci.