Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Legado de família

Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

 

A forma como a Construtora Bambuí compreende o conceito de ‘morar bem’ talvez venha da dinâmica familiar que a envolve. Ainda criança, Humberto Furlanetto assistiu ao pai, Joaquim Barbosa, fundar a incorporadora. Dizer que ele cresceu com a empresa não é nenhuma mentira.

Hoje, como diretor de incorporação e comercial, assume a responsabilidade diante do legado da família que completa 23 anos de existência. “Os desafios são diários e talvez o mais difícil seja não apenas atender, mas sim surpreender diariamente nossos clientes”, garante o empresário.

Criada em 1990, a Bambuí iniciou sua história com foco em revenda de imóveis, até que a partir de uma parceria passou a investir no mercado de incorporação. Assim, atuando como construtora, incorporadora e imobiliária, a versatilidade tornou-se mais do que uma característica, mas um compromisso da empresa.

Ao contrário do que se possa imaginar, o ramo imobiliário não é uma área basicamente concreta – com o perdão do trocadilho – e matemática. Essa seara de negócios lida com sonhos e anseios extremamente íntimos de variados grupos familiares. Tudo vai muito além das metragens. “Todo cliente tem uma história, uma necessidade específica a ser atendida, tentamos sempre tornar a experiência de cada um única e personalizada”, afirma Furlanetto.

BAMBUÍ NA MORAR MAIS

A Bambuí volta suas atenções para uma união com a Mostra Morar Mais Por Menos. “Essa parceria surgiu da nossa vontade de relançar uma ação vencedora realizada no passado: ambientar mostra de interiores”, revela Humberto Furlanetto. Para o diretor, o evento é uma celebração à criatividade, além de aproximar empresas e profissionais do segmento de arquitetura, decoração e design.

“Acredito que no mercado imobiliário não há ação que possa dar mais visibilidade. Vale ressaltar que a visibilidade aqui não se limita a ver, ler ou escutar um anúncio e sim em visitar uma obra, olhar os detalhes, desfrutar momentos de lazer, ou seja, algo muito mais ampliado e sensorial”, pontua.

O resultado poderá será conferido a partir de agosto no Palco Vaca Brava, empreendimento da Bambuí em fase de construção no setor Bueno. “O relacionamento da Bambuí com o público nada mais é que o somatório das experiências que proporcionamos. Queremos fazer parte da vida das pessoas. Queremos ser vistos e lembrados não como uma empresa que vendeu um bom produto, mas sim como uma empresa que pode ser vista como uma amiga.”, conclui.