Vinícola Aurora é líder de exportações de vinhos brasileiros

A Vinícola Aurora foi a maior exportadora de vinhos do Brasil em 2014, faturando US$ 2,8 milhões, de acordo com o resultado anual do Wines Of Brasil, programa de exportações do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) com apoio da Apex-Brasil (Agência Nacional de Promoção de Exportação e Investimento). Este valor – que representa um terço da receita total registrada pelo Ibravin, de US$ 8,49 milhões – mostra que a vinícola triplicou suas exportações em relação a 2013, ano em que o resultado chegou a US$ 934 mil.
O total das exportações de vinhos do Brasil sobe para US$ 9,52 milhões, somando os números do Wines of Brasil e as vendas externas realizadas por vinícolas do país fora desse programa, segundo levantamento do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio. Neste caso, a Vinícola Aurora também é líder, com 29% de participação.
Maiores compradores
A Aurora também é a campeã de vendas para os três principais mercados importadores de vinhos brasileiros: Reino Unido, Bélgica e Alemanha.
No topo do pódio, o Reino Unido importou US$ 1,98 milhão, segundo o Ibravin, e a Aurora respondeu por 39% desse total (US$ 768,35 mil). Para a Bélgica, a vinícola exportou US$ 504,37 mil, o que equivale a 42% da receita total (US$ 1,203 milhão). Para o mercado alemão, os vinhos da Aurora representaram 55% (US$ 456,80 mil) da receita total das exportações do Brasil para aquele mercado (US$ 823,8 mil), país em que os vinhos Brazilian Soul (marca de exportação da Aurora) foram lançados e ganharam presença em mais de 700 pontos de venda em todo o território alemão, nas principais redes de varejo.
A Aurora também liderou as exportações para o Japão, com 60% de participação (US$ 304,54 mil de receita), Estados Unidos (42%, com US$ 170,86 mil) e França (40%, com US$ 83,30 mil), países que estão em 6º, 7º e 12º lugares no ranking de compradores de vinhos do Brasil em receita, respectivamente.
Nos países nórdicos, a Aurora está presente na Suécia (total exportado US$ 32.659) com vendas exclusivas pelo monopólio estatal e na linha de cruzeiros pelo Mar Báltico Viking Line, e na Dinamarca (total exportado pela Aurora de US$ 32.736), país sede da empresa de comércio internacional Peter Justesen, cujo catálogo oficial circula para 168 países (entre embaixadas, consulados e demais órgãos governamentais) e nele a Aurora figura, há dois anos, com vinhos, espumantes e brandy.

Deixe um comentário


Confira também