Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Governador Marconi assiste à missa de encerramento da Festa do Divino Pai Eterno

Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Os senadores Demóstenes Torres e Lúcia Vânia e o governador Marconi Perillo. Foto: Lailson Damasio
O governador Marconi Perillo assistiu, na manhã de hoje, à missa solene de encerramento da Festa do Divino Pai Eterno, em Trindade. Em um palco montado à frente do santuário do Divino Pai Eterno, o governador sentou-se ao lado dos senadores Demóstenes Torres e Lúcia Vânia, prefeito Paulo Garcia, secretários de Segurança Pública, João Furtado Neto, e de Articulação Política Sérgio Cardoso e do prefeito de Palmeiras de Goiás, Alberane Marques, dentre outros políticos. De acordo com a Polícia Militar, 100 mil fiéis assistiram à missa de encerramento.
Durante celebração, o padre Robson de Oliveira agradeceu ao governador pelo trabalho realizado pelo governo do Estado em relação à estrutura da festa, ao policiamento, e aos shows promovidos pela Goiás Turismo, como o do padre Fábio de Melo. Este ano, as tendas de apoio montadas pela Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) atenderam mais de 300 mil romeiros.
Em entrevista coletiva à imprensa, Marconi destacou a segurança da festa e disse que o governo trabalhou no intuito de levar conforto aos fiéis em todas as áreas. “Esta é a maior romaria do Centro-Oeste, é a união dos católicos e a procissão de fé dos goianos ao Divino Pai Eterno. Tenho a honra de ser governador mais uma vez e colaborar com essa festa, com a segurança. Os romeiros que vieram para cá puderam sentir a presença das polícias Militar e Civil, e dos bombeiros, dando apoio e acolhendo todos os romeiros. O governo do Estado se fez presente em todas as áreas para levar conforto e tranquilidade aos que vieram do interior de Goiás e de outras partes do Brasil. Essa festa tem muito a ver com todos nós católicos, todos nós cristãos. Sou devoto do Divino Pai Eterno desde criança e tenho muita emoção todas as vezes que venho aqui”, relatou.
Em relação à ajuda do governo na construção do novo santuário, disse que, embora o projeto preveja construção da obra por meio de doações dos fiéis, o governo do Estado ajudará no que for necessário. “O governo já se colocou à disposição para ajudar na construção do novo santuário, mas o padre Robson me disse que ele será construído com recursos dos fiéis. Tenho certeza que isso será possível, mas nós também estamos dispostos a ajudar no que for preciso”, explicou.
Fonte: Gabinete de Imprensa do Governador