Dia de pedalar pela cidade

Pela primeira vez em Goiás, a Secretaria do Meio Ambiente (Semarh) entra de cabeça no movimento por um modelo de mobilidade mais seguro, saudável e não poluente. O Dia Mundial Sem Carro, celebrado hoje em milhares de cidades nos cinco continentes do planeta, foi marcado em Goiânia pela inauguração do bicicletário na Praça Cívica, em frente ao Palácio Pedro Ludovico Teixeira. O ato foi capitaneado pelo secretário do Meio Ambiente, Leonardo Vilela e pelo governador em exercício, José Eliton, que foram até o Palácio em suas próprias bicicletas.
Leonardo saiu de sua casa, no setor Bueno, com um grupo de amigos. De lá, seguiram até a Praça Tamandaré, onde se encontraram com o governador e outro grupo de ciclistas. Para o governador, “esta foi uma ação pensada para contribuir com a melhoria do trânsito, do meio ambiente e da saúde pública”. Já o secretário de Meio Ambiente deixou claro que vai trocar o carro pela bikepelo menos uma vez por semana. “Nós esperamos criar, com este exemplo de hoje, um hábito que possa ser incorporado à vida dos cidadãos. Só vejo vantagens na bicicleta. Além de ser saudável, é um carro a menos engarrafando o trânsito e emitindo gases para o ambiente”, defende.
Ao inaugurar o primeiro bicicletário do Palácio Pedro Ludovico Teixeira, Leonardo Vilela chamou a atenção para a necessidade de se investir em bicicletários e ciclovias para incentivar o uso da bicicleta. “Nós estamos estimulando a instalação de bicicletários, que são locais onde os ciclistas podem deixar suas bicicletas em segurança. Isso é um estímulo para que a bicicleta seja mais usada. Por outro lado, é preciso investir em ciclovias para dar mais segurança e fluidez ao trânsito.”
Pessoas que acompanharam de carro o trajeto da Praça Tamandaré até a Praça Cívica comprovaram que a bicicleta é o meio de transporte mais rápido para cidades com grande volume de automóveis. “Saí da Tamandaré no mesmo momento que os ciclistas. Quando passei pela Praça Cívica, eles já tinham estacionado as bicicletas”, confirma Jéferson Oliveira Júnior, que faz o trajeto diariamente para chegar ao trabalho.
Os vereadores Maurício Beraldo e Geovani Antônio disseram que vão propor a criação de bicicletários na Câmara Municipal e na Prefeitura de Goiânia. “Já passou da hora de voltarmos nossos olhares para a bicicleta como uma solução para o trânsito da Capital”, comentou Beraldo.
Mundo sem carro
O Dia Mundial Sem Carro foi criado na França, em 1997, para que as pessoas deixassem o carro em casa e se locomovessem de outras formas para os seus locais de trabalho ou estudo. A iniciativa ganhou repercussão no mundo inteiro e vários países aderiram ao movimento para mostrar que é possível quebrar a dependência do carro.
A chegada ao bicicletário foi acompanhada por servidores do Governo e incentivadores das bicicletas como meio alternativo de transporte. O grupo Pedal Goiano participou do evento, em uma clara demonstração de apoio à ação da Semarh. A construção do bicicletário contou também com a participação da Secretaria de Articulação Institucional.
À tarde, Leonardo volta para casa da mesma forma que chegou ao trabalho. “Minha vinda de bicicleta é pra valer, não vou fazer jogo de cena”, garante. À noite, o secretário participa ainda de um passeio ciclístico em comemoração ao Dia Mundial sem Carro, a partir das 19 horas, na marginal Cascavel.
Informações: Brenno Sarques

Deixe um comentário


Confira também