Cientistas alemães revelam funcionamento do cérebro durante os sonhos

Por que alguns sonhos parecem tão reais? Cientistas alemães acreditam ter descoberto a resposta no funcionamento do cerébro enquanto dormimos. Sonhar, segundo eles, não é como ver um filme passando na cabeça de forma passiva – mas sim uma atividade que movimenta diferentes regiões do cérebro, relevantes para aquele conteúdo.

Isso significa que ao sonhar que se está chutando uma bola, por exemplo, a região responsável pelo movimento da perna é ativada de forma quase idêntica ao que seria se a pessoa estivesse acordada e realmente jogando futebol.

A descoberta foi feita pelos pesquisadores do instituto Max Planck em parceria com o hospital Charité, de Berlim. Embora técnicas de ressonância magnética sejam bastante avançadas para medir a atividade cerebral, até agora era impossível realizar esse tipo de medição nos sonhos.

Isso porque, para avaliar se a atividade de uma área estava ou não ligada ao sonho, é preciso saber exatamente o que a pessoa está sonhando em cada momento. Embora muitas pessoas se lembrem do que sonharam, elas não sabem precisar em que momento exato da noite ocorreu cada fato.

Deixe um comentário


Confira também