Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Chef Junior Durski dá dicas para harmonizar vinhos

Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Junior Durski, chef e grande apreciador de vinhos, separou dicas para harmonizar a bebida com pratos. A admiração do chef pela bebida é tanta, que possui em Curitiba uma das principais adegas do Brasil, com mais de 2.500 rótulos, mais de 100 safras, de 25 países, sendo a mais antiga de 1.780. 

Além disso, a característica reflete na carta de vinhos dos restaurantes do Madero, onde oferece uma seleção de diversos países, uvas, safras e preços, que vão desde uma taça do vinho Madeira Justino’s (Portugal) por R$10, até icônico Don Melchor, um dos vinhos mais famosos produzidos no Chile. “Como um apaixonado por vinhos, tenho um cuidado especial com a seleção dos rótulos. Quero proporcionar uma experiência completa”, explica o chef. 

“Um vinho e um prato harmonizados fazem toda a diferença em uma refeição, por isso compartilho minhas preferências”, conta Durski. Confira!

  1. Quem adora linguicinha grelhada a dica é pedir uma Cava Don Román Brut (Espanha) ou um belo Champagne. Gosto muito do Deutz Classic Brut (França). Ambos combinam super bem; 
  2. Para quem, assim como eu, adora um cheeseburger, recomendo o vinho Roca Bonarda Sangiovese (Argentina), que tem um vermelho intenso e acidez moderada;
  3. A carne de cordeiro ou o de bife de chorizo harmonizam bem com o vinho Marqués de Tomares Reserva (Espanha); 
  4. Um filé argentino fica ainda melhor ao lado de um vinho Luccarelli Primitivo IGP (Itália);
  5. Para quem gosta de filé mignon, pode investir no Don Román (Espanha), um vinho cor de rubi e aroma de baunilha, fica perfeito com a carne;
  6. Outra dica para quem adora mignon é o vinho Marquês de Borba (Portugal), que tem um vermelho intenso e aromas de amora e cassis, delicioso;
  7. O aroma de fruta madura do vinho Nieto Senetiner Reserva Chardonnay (Argentina) é ideal para acompanhar um frango com ervas finas, peixes ou camarões;
  8. Para os vegetarianos, o vinho que combina com saladas e fica perfeito com o nosso palmito pupunha assado, é o Cefiro Reserva Sauvignon Blanc (Chile). Um vinho com aromas herbáceos, como arruda, e de fruta fresca como o maracujá, tem acidez marcante e um final de boca muito fresco;
  9. E por fim, uma dica de vinho para acompanhar uma sobremesa de chocolate. Sugiro o Madeira Justino´s, fica muito gostoso com o brownie de chocolate do Madero, por exemplo. 

(Foto: Divulgação)