Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Chapada dos Veadeiros inaugura trilha acessível a cadeirantes

Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Para comemorar o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, localizado em São Jorge (GO), realiza, neste sábado (05/12), às 9h, uma visita organizada à nova trilha suspensa que conta com acessibilidade para pessoas com deficiência. O objetivo da ação é promover uma maior compreensão acerca dos assuntos relativos à deficiência e mobilizar a defesa da dignidade, dos direitos e o bem-estar das pessoas, seja no aspecto social, econômico, político ou cultural.
Durante o encontro, os participantes poderão chegar até as Corredeiras, um dos principais atrativos do parque, aproveitando para tomar banho no local. Para desfrutar desses benefícios, o presidente do Grupo Artesanal, Evandro Tokarski, que é cadeirante há 57 anos, participará do evento. Segundo ele, a iniciativa é uma ótima oportunidade para integrar pessoas que apresentam algum tipo de limitação física, além de desfrutar de toda beleza do parque e interagir com o meio ambiente.
A trilha suspensa é constituída de madeira, possui 230 metros de extensão e leva até um mirante de onde se pode visualizar as Corredeiras. Nesse local, com auxílio, os cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida poderão entrar na água e desfrutar das delícias do rio Preto. “Devido ao perfil das trilhas atualmente existentes, apenas uns poucos visitantes com baixa mobilidade ou com algum tipo de deficiência física tiveram a oportunidade de conhecer o parque. E é pensando nesse público que estamos finalizando a trilha suspensa”, disse Carla Guaitanele, chefe da unidade de conservação gerida pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).
Para facilitar o acesso, os visitantes que se enquadrarem na Lei 13.146/2015 (Estatuto da Pessoa com Deficiência) poderão entrar no parque com carro próprio (tração 4×4) até o local da trilha. O limite máximo é de quatro carros. No dia 5, o acesso será pelo parque nacional.