Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Vila Cultural Cora Coralina recebe a exposição “Impressões Vigentes”

Os 41 trabalhos que retratam a relação entre a artista goiana Célia Gondo e as plantas podem ser visitados de maneira gratuita pelo público até o dia 31 de janeiro, na sala Sebastião Barbosa
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Com entrada gratuita, a mostra conta com trabalhos da artista Célia Gondo que revelam as relações entre as plantas e o cotidiano.

Nesta sexta-feira, 10 de dezembro, a Vila Cultural Cora Coralina, unidade da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), recebe a cerimônia de abertura da nova exposição individual “Impressões Vigentes”, da artista goiana Célia Gondo, que passa a ocupar a sala Sebastião Barbosa. O evento é gratuito e começa às 16h, seguindo todos os protocolos sanitários recomendados.

A mostra, que teve curadoria compartilhada entre a artista e o coordenador do espaço, Gilmar Camilo, é composta por 41 gravuras, xilogravuras e monotipias produzidas entre 2013 e 2021, tendo como temática a representação artística das vegetações e suas relações com o cotidiano.

A artista responsável pelas obras, conta que sempre teve ligação próxima com as plantas, tendo vivido junto ao meio ambiente desde criança, e que por isso sempre aborda o tema em seus trabalhos. “Meu pai foi um dos pioneiros na agricultura familiar no estado de Goiás, ele sempre trabalhou com chácaras, a gente vivia em chácara, então eu sempre tive essa relação forte com as plantas.”, declarou a criadora da exposição.

Expondo de maneira individual pela primeira vez, Célia Gondo é uma artista com produção poética visual em procedimentos de gravura; mestre em arte e cultura visual pela Universidade Federal de Goiás (UFG); professora de Artes Visuais pela Secretaria Municipal de Educação em Goiânia – Goiás, além de ser considerada uma das grandes representantes da gravura em Goiás. Atualmente, faz parte do grupo “Ateliê de Gravura” composto por artistas que trabalham especificamente com a produção de gravuras.

Sendo a sexta mostra a ficar exposta na galeria, após o retorno das atividades presenciais, o evento marca mais um passo da Vila Cultural em seu processo gradual de retomada. Desde sua reabertura ao público, a agenda da unidade tem se dedicado a atender projetos marcados desde 2020, e que acabaram não acontecendo devido à pandemia.

Serviço:

Abertura da exposição “Impressões Vigentes”

Data: Sexta-feira, 10/12

Horário: 16h

Local: Vila Cultural Cora Coralina

Fotos: Secult Goiás – Léo Iran