Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Qual o seu Rock?

Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Goiânia é conhecida por muitos como a “Capital do Sertanejo” e por uma gama também bastante vasta como a “Rock City”. A cidade, que sempre surpreende com sua cena alternativa, por muitos ainda inesperada, ganha hoje (11/10) nova casa para brindar a cultura.

Nem bar, nem balada, nem produtora, o Rock abre as portas como novo espaço criativo. Nas palavras do produtor cultural Fabrício Nobre, um dos sócios à frente do empreendimento, “um centro cultural, que terá espaço para show, discotecagem, para projeção de filmes, encontros de tatuagem, além de uma galeria permanente, que é a Blackbook, curada pelo artista visual Mateus Dutra”. Criatividade resume bem!

Com uma fachada imponente e supercool, criada pela dupla de artistas Douglas Castro e Renato Reno, do Bicicleta Sem Freio, o Rock promete um ambiente com bastante arte contemporânea, música variada e diferente do que é tocado nas demais casas da Capital, um lugar colorido, bem ambientado, com ações legais pra se ver e gente interessante para acontecer e conhecer.

Para a inauguração, show com o Trio Cerrado, além da discotecagem dos DJs Mário, Kurtz, Matias e Beatriz Perini. Na Blackbook, a produção artística fica a cargo do Studio O Rolê, em uma ação Site Specif, que vai até 26/10, com a participação de Fabíola Morais, Santhiago Selon, Mateus Dutra e Rodrigo Flávio,  com obras inéditas, além de boa comida com pop-up foods do Restaurante Pitanga e da Hamburgueria Tio Bákinas.

Um dos diferenciais do local, inclusive, é a diversidade gastronômica. Fabrício explica que não haverá uma cozinha fixa, o público sempre contará com um novo petisco. “Todo dia um ou dois chefes, trucks, ou um ou dois amigos metidos a cozinheiros vão preparar um cardápio diferente. Na primeira semana trazemos o Pitanga, Tio Bákinas, La Frida, o Le Bartô e a chefe Emiliana Azambuja. Será o mais diverso possível e o mais variado”, acrescenta.

No bar, o público poderá contar com uma carta bem variada, com mais de 20 opções de drinks, além de da comercialização de cervejas especiais como a parceria com a Jack Bier, com rótulos completos, além da goiana Colombina, que desenvolveu uma cerveja para a casa, que será lançada durante a inauguração, uma session IPA feita com o nome e rótulo exclusivos do Rock.

O espaço será ainda a nova sede da Construtora Musical, empresa de Nobre e Daianne Dias, criada em 2011, que atua com booking, agenciamento de shows, produção musical e cultural na cidade.

A casa funcionará na Rua 9, 2316, no Setor Marista, de terça a domingo, das 18h a 00h, com entradas que custarão entre R$5 a R$ 20.

 

Fachada criada pelo Bicicleta Sem Freio (Foto: Moment Mag)