Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Paulo Gustavo chega a Goiânia com o espetáculo ‘Online’

Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Há pessoas que passam mais tempo ligadas ao mundo virtual do que no real. O ator e humorista Paulo Gustavo é um deles. Fica plugado na internet o tempo todo e posta no Instagram, no Snapchat, no Facebook quase ao mesmo tempo em que faz teatro, cinema e televisão. No palco, onde encena Online, o ator canta, dança, atua, dirige e trata exatamente dessa ‘dependênciaÂ’ que marca os tempos modernos. O espetáculo estará em cartaz nos dias 29 e 30 de abril, no Teatro Rio Vermelho, em Goiânia.
 
O enredo retrata um dia na vida de um homem que está o tempo todo online fazendo tantas e variadas coisas que acaba por não fazer bem coisa nenhuma.  Â“Parece que a gente nunca está sozinho. Isso cria uma série de situações tristes, assustadoras, preocupantes mas que, sobretudo, fazem rir. É preciso olhar para esse nosso dia a dia com humor, porque não tem mais volta. Estamos todos online”, afirma o ator.
 
O espetáculo é um misto de musical, dança, dramaturgia, stand up. Os efeitos visuais valorizam elementos que remetem à conectividade tão presente no dia a dia de quem usa e abusa das redes sociais e da troca de informações instantâneas. Tanta facilidade de encontros, tanta troca de informação, tanta gente interconectada pode até parecer ótimo, mas pelo ponto de vista de Paulo Gustavo, beira o insuportável sem deixar de ser divertido.
 
Online foi escrita em parceria com Fil Braz, parceiro habitual, em projetos como “220 Volts” (série e espetáculo), “Minha Mãe É uma Peça” (filme) e “Vai Que Cola” (série e filme). Com Paulo Gustavo atua um elenco formado por Aldo Perrotta, Danilo Sacramento, Lucas Drummond, Ana Terra Blanco, Izabella Bicalho, Pia Manfroni e Rita Fischer. João Fonseca assina a supervisão de direção. O músico Zé Ricardo é responsável pelos ares de musical, com coreografias de Renata Guanabara. 
 
A cenografia e o uso inteligente da tecnologia a serviço do que o espetáculo quer comunicar é um show à parte. O cenário acompanha as mudanças rápidas da história com jogo de luzes, num total de dez ambientações criadas pelo diretor de arte Zé Carratu. Impossível o espectador não se convencer de que estamos mais online que ao vivo. Paulo Gustavo é uma prova disso. E ele vai traduzir essa realidade de uma forma muito divertida nos palcos.
 
A temporada de estreia de Online no Rio de Janeiro foi um verdadeiro sucesso. A peça ficou quatro meses em cartaz no teatro Oi Casa Grande, lotando todas as sessões e totalizando um público de mais de 100 mil pessoas. E o período foi de grandes números para Paulo Gustavo! No cinema, o ator lançou o filme “Minha Mãe É Uma Peça 2” 
 
O ator
Paulo Gustavo é um dos humoristas mais dinâmicos desta nova geração. Estreou nos palcos em 2004, quando integrou o elenco da peça “O Surto” e apresentou ao público a divertida dona Hermínia. No ano seguinte, formou-se na Casa de Arte das Laranjeiras (CAL), junto com Fábio Porchat e Marcus Majella.
 
O monólogo “Minha mãe é Uma Peça” foi lançado em 2006 e pode ser considerado um marco na carreira do artista. Em 2013, foi para os cinemas como um longa metragem, e esteve entre os filmes mais assistidos do ano. Em 2015 virou livro e este ano, entrou em cartaz com “Minha mãe é Uma Peça 2” que já foi visto por quase 9 milhões de espectadores, em menos de dois meses mês após o lançamento, se tornando uma das maiores bilheterias da história.
 
Fora dos palcos, Paulo Gustavo apresenta desde 2011 o humorístico 220 Volts, um dos programas de maior audiência do Multishow, participou de produções como o filme “Divã”e a série homônima, onde interpretou o cabeleireiro Renée, e de séries como “Minha Nada Mole Vida”, “A Diarista”, “Casos e Acasos” e “Sítio do Pica-pau Amarelo”. Para este ano está cotada a sua participação no filme “A História de São Francisco de Assis”, no qual ele irá interpretar o personagem-título. 
 
Ficha Técnica:
Texto – Paulo Gustavo e Fil Braz
Colaboração de texto – Leandro Soares
Direção – Paulo Gustavo 
Supervisão de Direção – João Fonseca 
Elenco – Aldo Perrotta, Danilo Sacramento, Lucas Drummond, Ana Terra Blanco, Izabella Bicalho, Pia Manfroni e Rita Fischer.
Cenário – Zé Carratu 
Figurinos – Fause Haten 
Música e Trilha Sonora – Zé Ricardo
Iluminação – Marcos Olivio 
Coreografa – Renata Guanabara
Produção – Claudio Tizo e Híbrido Eventos
Produção Local – Cia de Sucessos
Assessoria de Imprensa Goiânia: FatoMais Comunicação
 
Classificação Etária: 14 anos
Duração: 80 minutos
 
Serviço
“Online”, com o ator Paulo Gustavo
Local: Teatro Rio Vermelho – Endereço Rua 4 nº 1.400 – Centro

Data e horários:
– Dia 29 de abril (sábado), às 21h / Dia 30 de abril (domingo), às 20h

Informações: 3219-3300 / 3400