Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Mulheres por Mulheres difunde produção artística como forma de empoderamento

Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

A identidade visual de Mulheres por Mulheres foi criada a partir de ilustração da artista e designer Sophia Pinheiro

A produção artística como evidência de empoderamento é o tema transversal do projeto Mulheres por Mulheres. As artes cênicas, o audiovisual, a literatura, as artes visuais e a música integram a programação do evento, que ocupa o Teatro Goiânia e a Vila Cultural Cora Coralina, nos dias 7 e 8 de março, com atividades gratuitas. Realização: Arte Brasil Projetos Socioculturais.

Com o apoio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, o Mulheres por Mulheres promove oficinas, mostra de cinema, teatro e dança, feira de publicações independentes e feira de design autoral de moda e objetos, além de ampla programação de debates. Discussões atualizadas sobre o papel social da mulher, estratégias de empoderamento na ocupação do ciberespaço, mercado de trabalho, o nome social das travestis e transexuais perpassam os vários diálogos conduzidos por especialistas em diversas áreas do conhecimento.

A exibição do filme Precisamos falar do assédio, dirigido por Paula Sacchetta, abre a programação, no dia 7 de março (terça), às 17 horas, na Sala João Bênio da Vila Cultural Cora Coralina. O primeiro bate-papo ocorre logo em seguida, com a presença da professora da UnB, Tânia Montoro, abordando aspectos da violência contra a mulher.

A abertura oficial do Mulheres por Mulheres continua no Teatro Goiânia, às 20 horas, com a apresentação do espetáculo A Casa de Bernarda Alba, da Cia de Teatro Sala 3. Realizado pela Arte Brasil, o Mulheres por Mulheres conta com a curadoria de Rosa Berardo (Cinema), Vera Bicalho (Dança), Ana Cristina Evangelista (Teatro), Andrea Luiza Teixeira (Música), Maria Cristina Magalhães (Empoderamento) e Larissa Mundim (Literatura).

Confira a programação:

07/03 – TERÇA-FEIRA

17h – Exibição do filme: Precisamos falar do assédio, de Paula Sacchetta

18h30 – Diálogo: Violência contra a mulher (tema). Convidada: Profa. Dra. Tânia Montoro (UnB)

Sala de Mídias João Bennio

20h – Abertura

Espetáculo teatral: A Casa de Bernarda Alba, Cia de Teatro Sala 3

Classificação: 10 anos

Teatro Goiânia

08/03 – QUARTA-FEIRA

14h às 17h – Oficina de zine

Ministrante: Beatriz Perini

Vagas: 20

Sala Sebastião Barbosa – Vila Cultural Cora Coralina

15 às 23h

Espaço Fuxico: Empoderamento das mulheres idosas

Feira e-cêntrica de publicações independentes

Feira Mercado das Coisas

Expositores alimentação

Bar Artesano

Vila Cultural Cora Coralina – área externa

16h – Diálogo: “O Trabalho da Mulher na Música – As diferenças, facilidades ou dificuldades do trabalho musical da mulher”. Convidadas: Maria Lucy Veiga Jardim Teixeira, Dona Fifia (Música clássica), Bel Maia (Música popular) e representante da Música de raiz (a confirmar)

Sala de Mídias João Bennio

17h – Espetáculo teatral: Aurora, Cia Pés de Lata

Classificação: 14 anos

Teatro Goiânia

17h – Bate-papo: “Do perdão, da mulher e da árvore: processos criativos do espetáculo Não posso esquecer, com Valéria Braga e Maria Ângela De Ambrosis

Sala Sebastião Barbosa – Vila Cultural Cora Coralina

17h40 – Diálogo: O Papel Social da Mulher (tema). Convidadas a confirmar.

Teatro Goiânia

18h – Apresentação: Banda Sinfônica Jovem de Goiás

19h – Diálogo: “Estratégias de empoderamento da mulher a partir da escrita, da leitura e da ocupação do ciberespaço”. Convidadas: a escritora Cássia Fernandes, representante do projeto Leia Mulheres, representante do grupo Indique uma mana.

Sala de Mídias João Bennio

19h30 – Intervenção com Danças Circulares

Vila Cultural Cora Coralina – Salão Principal

20h às 23h – Palco aberto para cantoras

Vila Cultural Cora Coralina – Salão Principal

20h30 – Espetáculo: Cartas de Frida, Grupo Contemporâneo de Dança

Classificação: 16 anos

Teatro Goiânia

21h20 – Diálogo: Impactos da produção autoral da mulher no cinema, nas artes cênicas, na música e na literatura. Convidadas: Rosa Berardo (Cinema), Vera Bicalho (Dança), Ana Cristina Evangelista (Teatro), Andrea Luiza Teixeira (Música), Maria Cristina Magalhães (Empoderamento) e Larissa Mundim (Literatura).

Teatro Goiânia

A exposição Exposição Memórias do Feminino, com obras de Cida Carneiro e curadoria de Cristiano Lemes estará aberta à visitação, na Sala Sebastião Barbosa, nos dias 7 e 8 de março, durante todo o dia.