Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Morre Hugo Zorzetti, grande nome do teatro goiano

Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Na última terça-feira (5) veio a óbito o escritor, professor e teatrólogo Hugo Zorzetti. Segundo a professora Sônia Araújo, gerente de Salas de Espetáculos e Centros Culturais da Seduce, grande amiga de Zorzetti, ele estava internado no Hospital do Coração, em Goiânia, e faleceu por complicações decorrentes de um câncer no pâncreas.

A história do teatrólogo se confunde com a do teatro goiano e brasileiro. Marcou época com o Grupo Teatro Exercício, fundado na década de 70.  Ao lado de Cipi Pinheiro, João Bênnio e Otavinho Arantes, foi um dos pioneiros das Artes Cênicas em Goiás. Fundador do curso de Teatro da Escola de Música e Artes Cênicas da Universidade Federal de Goiás (Emac UFG), responsável por dezenas de cursos de dramaturgia, também foi professor de Língua Portuguesa em várias instituições de ensino e autor de inúmeros livros e peças.

Em 2016, Zorzetti dirigiu a peça Todo o Brilho do Entardecer, que trazia o tema da terceira idade. Atualmente, Anzóis no Aquário, peça de sua autoria, está em turnê pelo estado com o apoio da Lei Goyazes.

Na Seduce, a secretária Raquel Teixeira lamentou a notícia e disse prestar toda a sua homenagem ao talentoso dramaturgo. O superintendente executivo de Cultura, José Eduardo Morais, e o superintendente de Ação Cultural, Nasr Chaul, também ficaram comovidos com a notícia e falaram da grande perda para a cultura goiana.

(Foto: Reprodução/ Facebook)