Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Iphan e Prefeitura de Aparecida de Goiânia celebram convênio para a restauração da Paróquia Nossa Senhora Aparecida

Igreja foi a primeira a ser construída no município de Aparecida de Goiânia, em 1922
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
(Foto: Prefeitura de Aparecida de Goiânia)

Com quase 100 anos de existência, a Paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida de Goiânia (GO), será restaurada. O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional no estado de Goiás (Iphan-GO) e a Prefeitura do município assinaram termo de convênio para a ação de intervenção no templo que será viabilizada por meio de emendas parlamentares e de contrapartida da Prefeitura de Aparecida de Goiânia, totalizando investimentos no valor de R$ 650 mil.

O projeto de restauração com a descrição das atividades a serem realizadas no edifício será elaborado pela Prefeitura de Aparecida de Goiânia e o Iphan atuará no repasse dos recursos disponibilizados, como também na fiscalização da obra.  “O Iphan está empenhado em colaborar com apoio técnico na ação de restauração da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, que visa a preservação do Patrimônio Cultural aparecidense. Localizada no centro histórico do município, a ação vai incrementar o potencial turístico da região”, declarou o superintendente do Iphan-GO, Allyson Cabral.

Paróquia Nossa Senhora Aparecida

Marco inicial do município de Aparecida de Goiânia, a Paróquia Nossa Senhora Aparecida é símbolo da história de fé dos moradores do local. Construída em estilo colonial, a igreja é a mais antiga da cidade, constituída basicamente em alvenaria de tijolo maciço-adobe, com elementos estruturais em madeira-aroeira, além do piso da igreja, que também é de madeira.

Segundo relatos históricos, a missa que fundou o município foi realizada em maio de 1922, ao redor da cruz de aroeira que ainda está pregada no meio da Praça da Matriz, local da construção do templo.  Em frente à igreja há ainda um banco com a escultura do casal José Cândido de Queirós e Maria Elis de Deus, uma homenagem a eles que doaram as terras para a construção da cidade. Por intermédio da Lei nº 564, de 16 de dezembro de 1985, a Paróquia Nossa Senhora Aparecida foi declarada como Monumento Histórico e Cultural do Município de Aparecida de Goiânia.