Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Icumam Lab abre inscrições para desenvolvimento de projetos audiovisuais do Centro-Oeste

Inscrições abrem nesta terça-feira, 13 de julho. A sétima edição do laboratório acontece em outubro, pela segunda vez em formato online
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Assim como a edição 2020, este ano o laboratório acontece em formato online (Divulgação)

Começam nesta terça-feira (13), as inscrições para o 7º Icumam Lab – Laboratório de Fomento à Produção Audiovisual no Centro-Oeste, que acontece online pelo segundo ano consecutivo devido à pandemia. O laboratório, que acontecerá entre os dias 5 e 15 de outubro, busca por projetos de longa-metragem ou séries na categoria ficção, representados, obrigatoriamente, por diretores e/ou produtores de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.

Em 2020, na sexta edição, pela primeira no formato online, foram 30 projetos audiovisuais do Centro-Oeste inscritos. A diretora do Icumam Lab, Maria Abdalla, reafirma o compromisso da instituição com a diversidade e, por isso, espera a participação de um público com intensa pluralidade de projetos. “Queremos compor este laboratório com uma seleção de diversidade de projetos e participantes. Todos com o propósito do desenvolvimento audiovisual, criatividade, capacitação e de promoção da cultura, representando nossa região para o país e no exterior”, incentiva.

Serão selecionados seis projetos em 2021. Entre os critérios para seleção, estão as qualidades artísticas e técnicas, factibilidade do projeto apresentado e viabilidade de produção, potencial e originalidade da proposta, estágio de desenvolvimento e qualidade dos materiais obrigatórios apresentados.

Formato Virtual

O formato virtual segue as recomendações dos órgãos de saúde para o momento de pandemia de Covid-19. “Além disso, a falta de políticas públicas e de incentivos culturais para o segmento fez com que precisássemos readequar o formato e reduzir a estrutura. Esperamos que nos próximos anos possamos voltar ao escopo ideal”, ressalta Abdalla.

Em imersão online, haverá palestras abertas ao público; consultorias gratuitas individuais e em grupo, para os projetos selecionados; pitching; e premiação; além de atividades complementares. Os profissionais em capacitação terão acesso a tutores consolidados no mercado, com experiência em atividades de formação e em treinamento profissional.

Além disso, produtores e diretores dos projetos selecionados poderão participar de atividades do BrLab, parceiro desde a primeira edição. É um dos mais expressivos e importantes laboratórios de desenvolvimento de projetos audiovisuais da América latina, que acontecerá simultâneo ao 7º Icumam Lab.

Em 2021, a novidade é a parceria com o Projeto Paradiso, uma iniciativa filantrópica do Instituto Olga Rabinovich, que investe em formação profissional e geração de conhecimento, atuando por meio de parcerias com instituições de referência no Brasil e no mundo, criando oportunidades para profissionais. “É uma evolução dos projetos, um relevante salto qualitativo rumo ao nível de profissionalização internacional”, analisa Abdalla.

Inscrição

Os projetos devem ser inscritos pelo site do projeto, até 10 de agosto. Na página também é possível conferir todo o regulamento. A lista com os selecionados será divulgada no dia 9 de setembro de 2021.

Premiação

O projeto de ficção de maior destaque no 7º Icumam Lab ganhará o valor de R$ 5 mil, concedido pelo Projeto Paradiso, para formação ou desenvolvimento do projeto. Haverá também premiações, como serviços de pós de imagem e correção de cor, oferecidos pela Mistika e DOT Cine; consultoria individualizada de pitching pela Vermelho Filmes; e consultoria de produção executiva da C/as4tro.

A diretora do Icumam Lab, Maria Abdalla (Divulgação)