Governo de Goiás e Sesc Goiás divulgam selecionados na etapa de Goiânia do projeto Claque Retomada Cultural

Apenas na capital goiana serão 424 atrações, com previsão de eventos em outros sete municípios
Projeto Claque Retomada Cultural
(Foto: Retomada)

A Secretaria de Estado da Retomada e o Sesc Goiás divulgam os selecionados do edital de Goiânia do Claque Retomada Cultural. O total investido na capital goiana para fomentar as 424 apresentações artísticas é de R$ 3,9 milhões. A lista completa dos aprovados pode ser conferida no site da Retomada.

Na etapa de Goiânia são 41 selecionados para música solo, 36 para duos ou trios, 51 grupos musicais ou banda, 80 propostas de trabalhos audiovisuais, 43 de literatura, 81 de artes visuais, 17 de artes cênicas com mais de quatro integrantes, 29 grupos de artes cênicas de até quatro integrantes e 46 de artes cênicas solo.

O secretário da Retomada, César Moura, destaca a importância do projeto como uma ferramenta para movimentar o cenário cultural. “Além de estimular e reconhecer a produção artística goiana, o Claque Retomada Cultural tem papel relevante na movimentação econômica em vários setores ligados ao setor cultural. Criar oportunidades que gerem emprego, renda e o desenvolvimento regional é uma constante nas ações do Governo de Goiás, e não é diferente neste caso”, destaca o titular da secretaria.

O presidente do sistema Fecomércio, Sesc e Senac, Marcelo Baiocchi, ressaltou a importância do projeto, que nasceu durante a pandemia. “Nós vimos as dificuldades que os artistas estavam passando pela falta de eventos e contratação, foi quando definimos um evento pra ajudar e fizemos em 2021 um projeto com 600 artistas, que se apresentaram de maneira on-line. Os milhões que estamos colocando aqui são pouco perto do que a cultura merece. Investimento é fundamental para preservação da nossa história”, destacou.

A iniciativa terá investimento total de R$ 20 milhões, sendo R$ 15 milhões do Tesouro Estadual. Os outros R$ 5 milhões serão destinados pelo Sesc Goiás, que será responsável pela curadoria, contratação de estrutura física para realização das apresentações, além da seleção dos artistas e pagamento dos mesmos.

Todas as apresentações do projeto serão realizadas presencialmente nos municípios de Rio Verde, Luziânia, Jaraguá, Posse, São Miguel do Araguaia, Itumbiara, cidade de Goiás e Goiânia.

Deixe um comentário


Confira também