Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Durante a pandemia, artesã se reinventa e passa a oferecer leilões de acessórios sustentáveis pelo Whatsapp

Empreendedora encontra mais uma alternativa no universo virtual para atender clientes e aumentar vendas
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
“Quero ajudar outras pessoas com esta arte, ensinar como forma de independência, ao mesmo tempo de resgate de sua confiança, capacidade e amor-próprio”, explica a artesã Alda Assis

Que a pandemia do novo coronavírus impactou vários setores de maneira negativa não é novidade. Mas a volta por cima surpreendente de alguns segmentos inspira a lição de vida no meio do caos. Assim foi com a artesã Alda Assis, da Filha de Maria Biojoias, que encontrou mais uma oportunidade no meio digital, ou melhor, em leilões em grupos no WhatsApp, a saída para atender e atrair mais clientes como mais uma opção de vendas de acessórios sustentáveis para seu público.

A artesã, capacitada com o apoio do Sebrae Goiás, possui destaque internacional com peças sustentáveis únicas e exclusivas, usando como matéria prima produtos descartados pelo meio ambiente, inclusive do Cerrado goiano. São sementes, pedras, madeiras, chifres, ossos, escamas de peixes e outros itens oriundos da natureza.

A ideia do leilão virtual se deu pelo difícil momento imposto pela pandemia, com muitos clientes em dificuldade de adquirir suas peças, o que impactou na queda das vendas. A inovação veio de uma parceria com a Angels Secret Consulting, empresa de consultoria emergente no cenário internacional que atende empreendedores para o desenvolvimento, que formatou um projeto que permitisse maior visibilidade das peças e, ao mesmo tempo, proporcionasse uma maneira divertida de integração com sua clientela.

A grande vantagem para os participantes é que os leilões possuem lances livres, de forma a valorizar cada acessório disponibilizado exclusivamente para estes grupos. Os vencedores também recebem certificados de autenticidade da peça e um cupom promocional de 25% de desconto em compras no site. “O frio na barriga tomou conta nos primeiros dias, fiquei ansiosa com a novidade, mas tivemos uma aceitação maravilhosa de todas as clientes. Estamos recebendo contato de vários estados interessados em participar e, em breve, também faremos um projeto voltado para o atacado”, adianta Alda.

Além de integrar, o objetivo é proporcionar um meio de entretenimento das participantes na visualização das peças únicas e, também, como forma de terapia ocupacional. Caso perceba uma demanda maior, o futuro prevê a criação de uma escola de artesanato goiano como forma de ajudar na produção e na arteterapia. “Quero ajudar outras pessoas com esta arte, ensinar como forma de independência, ao mesmo tempo de resgate de sua confiança, capacidade e amor-próprio”, explica a artesã.

Atualmente os leilões funcionam de segunda-feira à sábado, das 18h às 21h, com o total de 12 peças leiloadas ao dia, entre colares, brincos, pulseiras, braceletes e anéis. Os itens que não são arrematados podem voltar para uma possível repescagem. As vagas são limitadas, de 276 participantes em cada grupo e, caso haja uma demanda maior, é possível criar uma nova equipe operacional para dar continuidade e atendimento personalizado aos clientes.

Dedicação

Aos domingos, sua presença é certa na banca 33 da Feira do Cerrado, cercada de clientes fiéis que estão sempre em busca de peças para suas coleções pessoais e aproveitam para um bom bate-papo, sempre atentas à valorização da cultura goiana e do meio ambiente. Suas produções também estão disponíveis na Casa do Turismo e na cidade de Olhos d’Água (MG), em parceria com o artista Beto, tecelão manual local. É possível ainda encontrar os produtos artesanais de Alda em seu site e perfis no Instagram e no Facebook. Em breve será possível também conferir suas habilidades em personagens de novelas, na TV.

Para participar dos grupos de leilões, basta entrar em contato direto com a artesã Alda Assis pelo número (62) 98161.4112 para realizar o cadastro ou entrar na fila de espera.