Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Circuito das Cavalhadas de Goiás realiza primeira etapa neste fim de semana

Santa Cruz, Posse, Jaraguá e Pirenópolis abrem o circuito, após dois anos de pausa por conta da pandemia
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Circuito das Cavalhadas de Goiás realiza primeira etapa neste fim de semana – (Foto: Divulgação)

Quatro cidades abrem o primeiro fim de semana do Circuito de Cavalhadas do Governo de Goiás, organizado pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult), com entrada gratuita. O município de Santa Cruz dá início à programação com festejos neste sábado e domingo (4 e 5), no Centro Cultural Tio Negrinho, a partir das 15h. De acordo com documentos históricos, Santa Cruz de Goiás realizou suas primeiras Cavalhadas em 1816, sendo o primeiro município goiano a organizar o evento, com mais de 200 anos de tradição no Estado.

De acordo com Marcelo Carneiro, secretário de Estado de Cultura, o retorno dessas tradições é fundamental para os municípios goianos. “As Cavalhadas são parte fundamental do calendário cultural de diversas cidades goianas e fomentam a cultura e a identidade desses municípios. Além do caráter histórico, essa importante tradição goiana fomenta também o turismo e a economia local, pois atraem turistas das mais variadas partes do nosso país”, comenta.

Posse também sedia as Cavalhadas nos dias (4 e 5), integrando ainda a Festa do Divino Espírito Santo, conforme tradição que já dura 102 anos. Diferentemente das outros municípios goianos, em Posse, as Cavalhadas são realizadas à noite e começam com o rapto da rainha (ou princesa cristã) pelo rei pagão (mouro), que será combatido e vencido pelo rei cristão, simbolizando a vitória do cristianismo sobre o paganismo.

A primeira etapa do Circuito das Cavalhadas também inclui os municípios de Jaraguá, a festa ocorre nos dias (5 e 6), no Clube das Cavalhadas José Natal da Silveira. Já em Pirenópolis nos dias (5, 6 e 7), no Módulo Esportivo da Cidade.

Esse ano, o Circuito reúne 12 municípios: Corumbá, Jaraguá, Palmeiras de Goiás, São Francisco, Crixás, Santa Cruz de Goiás, Santa Terezinha, Hidrolina, Pilar de Goiás, Pirenópolis, Posse, e cidade de Goiás. Entre 2021 e 2022, foram transferidos R$ 3,1 milhões de recursos estaduais para estas cidades para contribuir com a realização das festas. A verba foi utilizada na aquisição de indumentária para os cavaleiros, acessórios dos festejos, entre outros custeios.

O cenário das Cavalhadas consiste em uma representação das batalhas entre cristãos e mouros na Península Ibérica ocorridas entre os séculos IX e XV. Dois exércitos, com 12 cavaleiros de cada lado, encenam uma luta coreografada e repleta de ornamentos. Na festa, também há a presença dos Mascarados, que são personagens que representam o povo e saem às ruas, a pé ou a cavalo, promovendo algazarras. As batalhas duram de dois a três dias e, ao final, os cristãos vencem os mouros, que se convertem ao cristianismo.

Programação

Cavalhadas de Santa Cruz de Goiás
Data: 04 e 05 de junho
Local: Centro Cultural Tio Negrinho, Centro, Santa Cruz de Goiás (GO)
Horário: 15h

Cavalhadas de Posse
Data: 04 de junho – 20h30
05 de junho – 15h
Local: Estádio Serra das Araras, R. Est. José Fernandes, 189 – Cafelândios, Posse (GO)

Cavalhadas de Jaraguá
Data: 05 e 06 de junho
Local: Clube das Cavalhadas José Natal da Silveira, Jaraguá (GO)
Horário: 14h30

Cavalhadas de Pirenópolis
Data: 05,06 e 07 de junho
Horário: 14h
Local: Módulo Esportivo de Pirenópolis, Pirenópolis (GO)