Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Cantora goiana interpreta o canto da sereia em Cidade Invisível, série brasileira da Netflix

Produção conta a história do detetive Eric, que investiga a morte da esposa e descobre um ambiente habitado por entidades míticas do folclore brasileiro
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
(Foto: @photitas)

A cantora e compositora goiana Mariana Froes iniciou 2021 com uma importante novidade. A convite da Netflix, a artista interpretou o canto da sereia, na nova série brasileira Cidade Invisível, disponibilizada recentemente na plataforma de vídeo. Para presentear os fãs, que reconheceram a voz da artista, Froes lançou uma versão especial de Sangue Latino, apresentado na trama, agora em formato intimista em sua casa.

Cidade Invisível acompanha o detetive Eric, interpretado por Marco Pigossi, que investiga a morte da esposa e descobre um ambiente habitado por entidades míticas do folclore brasileiro. Uma das criaturas é Iara, a sereia que seduz os homens com seu canto, o qual foi performado pela artista.

“Me senti extremamente honrada por terem cogitado minha voz para ser o canto da sereia. A cena superou minhas expectativas, achei que tudo combinou muito: as cores, o ambiente, a interpretação da atriz [Jessica Córes], o instrumental, tudo colaborou para um audiovisual realmente encantador. Eu não poderia estar mais feliz com o resultado e amei que muita gente reconheceu minha voz! Não imaginei que reconheceriam tão fácil”, conta Mariana.

Com composição de João Ricardo e Paulinho Mendonça, “Sangue Latino” é repaginado na voz da artista, que está trabalhando seu primeiro EP da carreira, o “Nebulosa”, com canções autorais, lançado pelo selo Taquetá.