Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Cantora goiana Érika Ribeiro lança single “Afrodisíaca”

Novo trabalho da cantora, compositora e multi-instrumentista que representou Goiás no The Voice Brasil 2022
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
(Foto: Divulgação/Photitas)

Uma das grandes revelações da música produzida em Goiás na atualidade se prepara para o lançamento do seu primeiro CD. A expectativa fica por conta do single “Afrodisíaca”, que a cantora, compositora e multi-instrumentista Érika Ribeiro, apresenta ao público nesta quinta-feira (07).

O novo trabalho do artista conta com nove (09) faixas e tem produção, gravação e mixagem de Paulo Monarco. Revela o misto de doçura e força que pulsa na brasilidade que marca sua trajetória musical. “Acho que as expectativas não fogem do clássico de um primeiro disco, que é me colocar como compositora no mercado. Espero usar a boa produção do disco para conquistar novos espaços e aumentar meu público dentro e fora do estado”.

Érika Ribeiro explica que “Afrodisíaca” vem para dialogar principalmente com mulheres, pelas histórias das músicas e pela narrativa do CD.  “Minha expectativa é contar uma história que ajude a curar outras mulheres, assim como o trabalho de tantas outras já me curaram. É super importante que a produção consiga transparecer a minha verdade e que ela possa alcançar o coração de todas as pessoas”, destaca.

De Iporá para o mundo

Érika Ribeiro é natural de Iporá (GO), mas foi em Barra do Garças (MT), que iniciou a carreira musical, no Trio Flor de Lis, junto com a irmã e uma amiga de faculdade.  Durante um dos shows, lançou algumas de suas composições, e, percebendo a grande aceitação do público, iniciou sua carreira solo.

Destaca-se na sua promissora trajetória, o lançamento do seu primeiro EP autoral, “Explícita” (2014), com elogios também do compositor Paulinho Pedra Azul. Em 2020, em meio a pandemia do coronavírus, o lança o seu segundo EP, produzido totalmente independente e em casa, chamado “No mês de maio é natural sorrir”. Também neste ano, três músicas de sua autoria compuseram a trilha sonora da websérie carioca “Contos Latentes”.

A cantora já participou da Mostra de Música do Sesc; Mostra Nacional de Mulheres Autoras; do Festival Canto de Ouro de Goiânia, além do The Voice Brasil em 2022.