Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Adaptação da obra de Adriano Suassuna estreia no espaço Cultural Novo Ato

Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

O Ponto de Cultura Novo Ato apresenta o espetáculo O Santo e a Porca, livre adaptação do texto do dramaturgo e poeta paraibano Ariano Suassuna. A peça entra em cartaz a partir de quinta-feira, dia 10 de março, no Espaço Cultural Novo Ato. A montagem é uma realização da Escola de Música e Artes Cênicas da Universidade Federal de Goiás através do Laboratório de Formas Animadas (LATA) e conta com a Direção Cênica dos pesquisadores Guilherme Oliveira e Kleber Damaso.

Escrito em 1957, o texto – conforme declaração do autor – inspirado na peça romana Aulularia (A Comédia da Panela), trata de maneira descontraída e auspiciosa dos desvios morais e de comportamento motivados pela avareza e privação afetiva de seus personagens. Sua atualidade crítica apoia na discussão sobre os desafetos desencadeados pela supervalorização do aspecto econômico nas relações sociais.    

Um texto libidinal e malicioso, que enche o público de coragem para rever o lugar e a importância das coisas, a desvirtuação dos valores e as distorções entre o ter e o ser.  Entre o amante e a besta, o acúmulo e a perda, do espiritual ao animalesco. Tudo costurado por um fio. “O Santo e a Porca” é uma trama de sentimentos comuns, com pessoas comuns, com seus medos e desavenças. Que não perdem a habilidade de rir e criticar as incoerências humanas. De saber, reconhecer e festejar o Santo e a Porca que moram dentro da gente.

Ariano Suassuna, falecido em julho de 2014, foi o grande pensador responsável pela criação e implementação do Movimento Armorial – proposta deintegração das expressões artísticas que, entre outros objetivos, procura romper a distância entre o popular e o erudito. De maneira inteligente e politicamente comprometido, Suassuna volta o olhar para a cultura popular ciente da importância de ressaltar as singularidades da arte brasileira, por isso o desejo de pesquisar e estudar sua obra.

A peça segue em cartaz até dia 31 de março, sempre às quintas feiras. Kleber Damaso destaca o apreço pela parceria entre o Espaço Cultural Novo Ato e as produções da Escola de Música e Artes Cênicas  da UFG:  “O surgimento e a consolidação de espaços não institucionalizados, geridos diretamente por artistas, é imprescindível para dinamização e renovação da atividade cultural no campo geral das artes”.  Para o diretor, é essa organicidade e disponibilidade de gestão que possibilita formatos mais consistentes como a realização de temporadas, capaz de alimentar mutualmente o trabalho do artista e a participação pública e social. 

Anote!

Temporada O Santo e a Porca

Dias 10, 17, 24 e 31 de março

Horário: 20h

Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia)

Local: Espaço Cultural Novo Ato (Rua Sebastião Fleury Curado, 193, Criméia Leste)

Informações: (62)3203-5507

Classificação Livre