Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Stock Car: Casagrande e Nelsinho Piquet vencem em sábado quente no Velopark

A 5ª etapa da temporada foi bem agitada, com várias batalhas por posição nas duas corridas do dia. Gabriel Casagrande ganha fôlego na luta pelo bicampeonato
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Pódio com Nelsinho, Rossi e Guilherme Salas na Corrida 2 do sábado Fotos: Duda Bairros/Stock Car

O frio previsto para o fim de semana no Velopark deu uma trégua justamente no dia da quente 5ª etapa da temporada 2022 da Stock Car Pro Series. O sábado (2) abriu a programação movimentada da rodada dupla com grid de 34 carros para as primeiras corridas do fim de semana. Foram provas de altíssima intensidade, com disputas muito acirradas e que determinaram os vencedores do dia. Na Corrida 1, a 90ª prova da principal categoria do automobilismo nacional em terras gaúchas, Gabriel Casagrande (Chevrolet Cruze da A.Mattheis/Vogel) fechou na frente e abriu vantagem na liderança do campeonato. Nelsinho Piquet (Toyota Corolla da Motul TMG Racing) triunfou na Corrida 2 e subiu pela segunda vez no topo do pódio da Stock Car.

Pole-position, vencedor da Corrida 1 e oitavo colocado na segunda prova deste sábado, Casagrande foi o maior pontuador da etapa e marcou 45 tentos no dia. O atual campeão tem agora 173 pontos, abrindo assim 18 de vantagem para Daniel Serra (Cruze da Eurofarma-RC), que segue em segundo no campeonato. Rubens Barrichello (Corolla da Full Time Sports) manteve o top-3 do campeonato e soma 134, contra 155 de Serra.

Ricardo Zonta (Corolla da RCM Motorsport) agora é o quarto, com 103 tentos, enquanto Gaetano Di Mauro (Cruze da KTF Sports) se mantém entre os cinco primeiros, com 100 pontos. Guilherme Salas (Cruze da KTF Racing) subiu de nono para sexto no campeonato, seguido por Matías Rossi (Corolla da A.Mattheis/Vogel). Nelsinho Piquet agora é o oitavo, à frente de César Ramos (Corolla da Ipiranga Racing) e Bruno Baptista (Corolla da RCM Motorsport).

Corrida de campeão — Casagrande largou na frente, seguido muito de perto por Ricardo Zonta, e comandou a corrida até a abertura da janela para os pit-stops obrigatórios. Foi quando o piloto da RCM Motorsport ganhou tempo e voltou à frente do atual campeão. Entretanto, Gabriel provou ter muito mais ritmo e garantiu sua segunda vitória na temporada. Zonta terminou em segundo, enquanto César Ramos foi o terceiro.
Daniel Serra garantiu o quarto lugar após ter largado em sétimo e foi seguido por Julio Campos, Rubens Barrichello, Rafael Suzuki e Matías Rossi. As últimas voltas reservaram uma batalha entre Guilherme Salas e Thiago Camilo pelo nono lugar. O piloto da Ipiranga Racing ficou para trás no giro final e viu Nelsinho Piquet terminar em décimo e garantir a primeira posição do grid invertido.

“Estou muito feliz, muito contente por ter conquistado a vitória e por ter tido um carro excepcional, que a equipe me deu a possibilidade de brigar pela pole mesmo com os 30 kg [de lastro, por ser líder do campeonato], então está muito legal o fim de semana. Espero que a gente consiga repetir isso no domingo. Sei que é difícil, mas vamos tentar sair daqui com uma diferença ainda maior”, destacou Casagrande.

Nelsinho vence duelo com Rossi — Piquet manteve a liderança depois de uma largada segura, enquanto Matías Rossi logo assumiu o segundo lugar, ficando à frente de Salas. A prova começou muito ‘pegada’, com muitas batalhas bem incisivas entre os pilotos.

34 carros: grid cheio da Stock Car no Autódromo Velopark neste fim de semana

Na abertura da janela de pit-stops, Rossi se antecipou a Piquet e fez primeiro a sua parada. A estratégia lhe valeu a liderança da prova, mas Nelsinho tirou proveito da melhor performance do seu Corolla e retomou a ponta para não mais perder a vitória, a sua segunda na Stock Car. Em boa forma depois da vitória no Velocitta, o argentino foi o segundo colocado, enquanto Salas finalizou em terceiro, no seu primeiro pódio na temporada. Rubens Barrichello foi o quarto e Rafael Suzuki, quinto. O top-10 foi completado por Allam Khodair, Gaetano Di Mauro, Gabriel Casagrande, Marcos Gomes e Cacá Bueno.

Nelsinho se disse aliviado por voltar a vencer na Stock Car. Seu primeiro triunfo foi conquistado em 22 de agosto de 2020, em Interlagos. “Estava demorando… E chegou de uma maneira inesperada aqui. A estratégia funcionou muito bem, eles foram perfeitos no pit-stop e, no fim, deu tudo certo. Só agradecer mesmo o trabalho duro da equipe, várias noites virando para deixar o carro perfeito. Agora é descansar, comemorar só um pouco que amanhã tem tudo de novo”, disse.

A programação de domingo — A Stock Car volta a acelerar neste domingo com a classificação da 6ª etapa, a partir de 9h45. A categoria fecha seu cronograma no fim de semana com a Corrida 1, a partir de 14h10, e a Corrida 2 largando às 14h45.

Stock Car, temporada 2022, 5ª etapa, Corrida 1:

1º – Gabriel Casagrande (A.Mattheis-Vogel/Chevrolet Cruze), 32 voltas, 31min30s866
2º – Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Toyota Corolla), a 2s146
3º – César Ramos (Ipiranga Racing/Toyota Corolla), a 3s280
4º – Daniel Serra (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze), a 4s267
5º – Julio Campos (Lubrax Podium/Chevrolet Cruze), a 8s224
6º – Rubens Barrichello (Full Time Sports/Toyota Corolla), a 9s991
7º – Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Toyota Corolla), a 10s588
8º – Matías Rossi (A.Mattheis-Vogel/Toyota Corolla), a 12s097
9º – Guilherme Salas (KTF Racing/Chevrolet Cruze), a 15s173
10º – Nelson Piquet Jr. (Motul TMG Racing/Toyota Corolla), a 16s267
11º – Ricardo Maurício (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze), a 17s923
12º  Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Toyota Corolla), a 19s750
13º – Allam Khodair (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze), a 19s818
14º – Bruno Baptista (RCM Motorsport/Toyota Corolla), a 28s242
15º – Diego Nunes (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze), a 28s849
16º – Átila Abreu (Shell V-Power/Chevrolet Cruze), a 29s111
17º – Gaetano Di Mauro (KTF Sports/Chevrolet Cruze), a 30s031
18º – Rodrigo Baptista (Crown Racing/Chevrolet Cruze), a 33s187
19º – Sergio Jimenez (Scuderia Chiarelli/Toyota Corolla), a 33s535
20º – Felipe Massa (Lubrax Podium/Chevrolet Cruze), a 37s830
21º – Galid Osman (Shell V-Power/Chevrolet Cruze), a 41s313
22º – Pedro Cardoso (Crown II Racing/Chevrolet Cruze), a 41s909
23º – Cacá Bueno (Crown Racing/Chevrolet Cruze), a 48s240
24º – Gabriel Robe (RKL Competições/Chevrolet Cruze),a 1 volta
25º – Tony Kanaan (Full Time Bassani/Toyota Corolla), a 1 volta
26º – Lucas Foresti (KTF Sports/Chevrolet Cruze), a 1 volta
27º – Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze), a 1 volta

Programação no Velopark

Domingo, 3 de julho
09h00 – Stock Car – Warm Up
09h45 – Stock Car – 6ª etapa – Classificação
11h15 – Stock Series – 4ª etapa – Corrida 2 (30 minutos + 1 volta)
12h10 – Visitação aos boxes
14h10 – Stock Car – 6ª etapa – Corrida 1 (30 minutos + 1 volta)
14h45 – Stock Car – 6ª etapa – Corrida 2 (30 minutos + 1 volta)