Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

GWM vai criar rede com 100 pontos de recarga elétrica até 2023

Os pontos serão instalados no Estado de São Paulo e seu uso será gratuito para carros eletrificados de qualquer fabricante nos locais de vendas e serviços da GWM
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Fotos: Freepik

Em mais uma etapa do seu plano ambicioso para o país, a GWM Brasil revelou hoje (quarta-feira, dia 16) a implantação até o fim de 2023 de uma rede de 100 pontos de recarga para veículos elétricos e híbridos no Estado de São Paulo, dentro do seu plano de eletromobilidade para o Brasil. O projeto visa auxiliar no desenvolvimento da infraestrutura necessária para impulsionar o mercado brasileiro de veículos elétricos.

O anúncio foi feito em uma cerimônia oficial que contou com a participação do Governador do Estado de São Paulo, João Doria, no Palácio dos Bandeirantes, sede do Governo paulista. Também estiveram presentes no evento os executivos Koma Li, Chief Operating Officer da GWM Brasil; Pedro Bentancourt, Chief Relations Officer da GWM Brasil; e Henrique Meirelles, Secretário da Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo.

“Estamos muito animados com a receptividade e o apoio do Governo do Estado de São Paulo com o nosso projeto, o que nos motiva a procurar novos aspectos de cooperação e de inovação em comum”, afirma Koma Li, COO da GWM no Brasil.

“À medida que a GWM desenvolve seu projeto de instalação no Brasil, agregamos novos aspectos que garantirão o sucesso dos nossos produtos e da nossa marca. A desmistificação da eletromobilidade é essencial para apoiar os consumidores na decisão de mudar para um novo paradigma de propulsão. É nesse sentido que se encaixa o projeto de aumentar os pontos de carregamento para veículos eletrificados”, explica Pedro Bentancourt, CRO da empresa.

“Esse anúncio de R$ 10 bilhões da maior montadora de veículos da China está relacionado à produção de veículos 100% eletrificados no interior de São Paulo. Inicialmente essa fábrica vai gerar 2 mil empregos de curto prazo”, declara o governador João Doria. “Os 100 pontos de recarga serão instalados nas principais cidades de São Paulo, como suporte fundamental para os compradores dos 100 mil veículos eletrificados que a montadora chinesa vai produzir por ano em São Paulo”, completou.

Electric car at charging station

A futura rede de recarga da GWM será alimentada preferencialmente com energia limpa, na maioria dos casos por meio da instalação de placas fotovoltaicas. Nessa primeira fase do projeto, os 100 pontos de abastecimento serão distribuídos pelas principais cidades do Estado de São Paulo. A segunda etapa prevê a inauguração de eletropostos nos demais Estados do país nos próximos anos. A criação dessa rede se dará tanto por meio de parcerias locais quanto por operação direta.