Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

BMW iX5 a hidrogênio é colocado à prova em testes no círculo ártico

Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Foto: Divulgação

O círculo polar ártico em Arjeplog, Suécia, é palco de diversos testes dinâmicos extremos da BMW. Desta vez, quem está por lá é o iX5 Hydrogen, movido a hidrogênio. Cada vez mais próximo de ser lançado, o modelo é equipado com a quinta geração do sistema BMW eDrive. Tem potência de 374cv (275kW) e gera apenas vapor de água, nada de poluentes.

O hidrogênio é armazenado em dois tanques de fibra de carbono (CFRP), que juntos comportam quase seis quilos do gás e levam no máximo quatro minutos para serem cheios por completo. Dessa forma, percorrer longas distâncias com apenas pequenas paradas no percurso é perfeitamente possível e natural. A neve forte e os pisos recobertos de gelo de Arjeplog trazem desafios para o acerto de sistemas eletrônicos de controle, tração integral, suspensão e direção, sem falar na resistência dos componentes de motor e bateria em ambientes de baixíssima temperatura.