Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Pela primeira vez Casa Cor Goiás recebe espaço dedicado às jovens mulheres

Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Studio da Moça da arquiteta Mariana Medonça (Foto: Jomar Bragança)

A arquiteta Mariana Mendonça assina o primeiro Studio da Moça da Casa Cor Goiás. A mostra de decoração traz pela primeira vez um espaço dedicado especialmente às jovens mulheres. A exposição, que ocupa cinco andares do Órion Business & Health Complex, ficará aberta ao público de 4 de maio a 13 de junho. 

Participando da Casa Cor pela 5ª vez, a especialista em iluminação e design de interiores Mariana Mendonça apresenta projeto com o conceito de slow living, movimento que valoriza um estilo de vida menos consumista e mais consciente. Há destaque para a decoração afetiva, traduzida por meio de elementos que remetem a memórias da infância. Além disso, a profissional criou uma área para leitura e contemplação do jardim urbano, que se encaixa na ideia de Casa Viva, tema da mostra de 2018.  

O decorado, de 40 metros quadrados, possui paleta de cores suave, com presença do branco, cinza, rosa e azul. Nas paredes, há aquarelas que representam a moça em diversas situações e joias de parede, esculturas de metal com banho de ouro da artista plástica e designer Fabiana Queiroga, inspiradas em elementos da natureza que transmitem a delicadeza do espaço.  

Para tornar o ambiente ainda mais aconchegante, Mariana Mendonça desenvolveu, em parceria com a Acorde 54, um perfume exclusivo que traduz a delicadeza e suavidade do espaço. Segundo a arquiteta, o intuito do ambiente é transmitir a ideia de tranquilidade e calmaria, desconectando, pelo menos por alguns minutos, do estresse e da correria do dia a dia.  

“Pensei em um espaço que transmitisse inspiração aos visitantes, algo que possa ser levado para a própria vida. A casa onde moramos precisa nos acolher e nos envolver após um dia agitado, de forma a possibilitar voltarmos para nós mesmos e encontrarmos o equilíbrio”, explica. 

(Foto: Jomar Bragança)