Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Goiânia é uma das 10 melhores capitais para se viver no país

Investimentos nas áreas de saneamento, sustentabilidade, educação e saúde elevaram os índices da capital em comparação com o último ano
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Jardim Botânico (Foto: Jackson Rodrigues/ Prefeitura de Goiânia)

Estudo da Organização de Desafios da Gestão Municipal (DGM), divulgado nesta semana, apontou que Goiânia é a oitava melhor capital do país para se viver.

A pesquisa leva em consideração indicadores nas áreas da educação, segurança, saneamento e saúde que, segundo a Prefeitura de Goiânia, são os setores que mais tiveram investimentos por parte da administração municipal nos últimos anos.

O prefeito Rogério Cruz observa que a gestão municipal vai trabalhar no sentido de melhorar cada vez mais esses índices. “Vamos agir incansavelmente para melhorar a qualidade de vida de Goiânia. Nossa cidade tem tudo para se desenvolver com mais oportunidades para todos”, afirmou ao ter acesso ao estudo.

Na pesquisa com 100 cidades no país, Goiânia ganhou duas posições na comparação com o último ano. Entre as quatro áreas analisadas pelo o instituto, a capital de Goiás teve sua melhor posição em saneamento, sustentabilidade, saúde e educação.

Conhecida como uma das cidades mais verdes do país, Goiânia conta com 54 parques, 1.300 praças e o maior projeto de conservação ambiental da América Latina, o Programa Ambiental Macambira Anicuns. Além disso, espaços de lazer como o Parque Mutirama e o Zoológico estão entre os locais mais frequentados por quem mora na cidade.