Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Conheça o que é tendência nas paredes e tetos da CASACOR Rio de Janeiro

Parceira da mostra de decoração e arquitetura pelo sétimo ano consecutivo, Tintas Coral destaca as cores da edição 202
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Fachada da CASACOR Rio de Janeiro na cor Terra de Fogo. Por João Paulo Oliveira – @jpimage_arq

Parceira há sete anos da CASACOR, a maior mostra de arquitetura e decoração da América Latina, a Coral segue como a tinta oficial da 31ª edição carioca, que este ano apresenta, até 26 de junho, 45 ambientes que ocupam praticamente 12 mil m² da propriedade. Pela segunda vez consecutiva, a mostra acontece na Residência Brando Barbosa, um imóvel icônico, construído em 1860, localizado no Jardim Botânico. A fachada da CASACOR Rio de Janeiro recebeu novamente o laranja da cor Terra de Fogo, que fez muito sucesso na última edição e contrasta com a vegetação existente no entorno do palacete.
Além do evento presencial, é possível “visitar” virtualmente todos os ambientes em Tours 3D disponíveis no site https://www.tours-casacor.com/casacor-rio-de-janeiro/. Com o tema nacional de CASACOR 2022, “Infinito Particular”, os profissionais dessa edição apresentam soluções plurais para uma casa multifacetada, afetiva e de muita personalidade. Confira quatro tendências apontadas pela Coral que podem inspirar projetos Brasil afora:

Tons verdes e terrosos: composição com a natureza. O espaço assinado por Paola Ribeiro, Living da Fonte, é projetado para abrigar encontros, refeições, descanso e lazer. Abraçando a paleta de cores da sala, que tem teto trabalhado com molduras e sancas originais do edifício, o ambiente traz o tom Trilha Verde em painéis, treliças e tapetes. Tulipa Africana é outra cor da Coral que marca presença na sala que também abriga mobiliário contemporâneo e objetos e obras assinadas por diversos artistas brasileiros que colorem o living.

Espaço assinado por Paola Ribeiro, Living da Fonte. Foto: João Paulo Oliveira – @jpimage_arq

O branco com intenção, destacando outros tons. O Espaço Prosa, lounge leve, confortável e aconchegante assinado por Paula Neder e Coletivo PN+ é um exemplo dessa tendência no qual tons neutros destacam pontos coloridos. No décor que prioriza móveis soltos que trazem flexibilidade no uso do espaço – com acabamentos na linha natural, com cores neutras, objetos artesanais, madeira e fibras –, a cor aparece com destaque na copa, criada em ambiente antes fechado da casa, e no mural artístico do Coletivo Muda. Nesse ambiente, as cores são Chá com Leite, Boneco de Cera (com efeito Velvet na cozinha) e Branco Gatinho, além de múltiplos tons na pintura artística.

Espaço Prosa, assinado por Paula Neder e Coletivo PN+

Tinta + Papel de Parede. O casamento perfeito da tinta e do papel de parede se apresenta em diversos ambientes dessa edição, trazendo um clima elegante e, ao mesmo tempo, contemporâneo aos espaços do casarão. Custo acessível e flexibilidade são as maiores vantagens de utilizar essa combinação de revestimentos capazes de valorizar qualquer projeto. No exemplo abaixo, o Recanto Home Office assinado por Adriana Esteves ganha atmosfera intimista para trabalhar, ler, estudar ou mesmo descansar. Um ambiente acolhedor onde o mobiliário contemporâneo conversa com a arquitetura original do casarão, com o auxílio do papel de parede estampado e do teto verde, na cor Jardim Misterioso.

Recanto Home Office assinado por Adriana Esteves

Arcos coloridos: Arquitetura + Cor. Diversos ambientes mostram como valorizar elementos arquitetônicos existentes, como os arcos que compõe o casarão que abriga a mostra. Exemplo é o Estúdio da Designer pensado por Camila Bortolini e Priscila Dias, no qual o arco ganhou o tom Marrom Indiano, emoldurado pela parede que recebeu a cor Bronze Palms Springs, com o efeito aveludado Velvet. Esse espaço propõe um retorno ao básico, ao irregular, áspero, cru e bruto, com muita textura para criar um clima despretensiosamente descontraído.

jp-image.com