Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Confira 37 ambientes da CASACOR Goiás 2022

Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

A edição comemorativa da CasaCor Goiás será realizada entre os dias 20 de maio a 5 de julho. O tema da mostra, que comemora a 25º edição da CasaCor Goiás e a 35º edição da CasaCor no Brasil, é “Infinito Particular”, uma referência às casas biográficas, hiperconectadas e que contam histórias.

Ao todo, são 37 ambientes idealizados por 60 profissionais da arquitetura, design e paisagismo, entre jovens talentos e nomes consagrados do Estado. Mais uma vez, os profissionais trazem o morar contemporâneo em espaços amplos, com mais de 100 metros quadrados, com soluções criativas, inovações tecnológicas e novidades do mercado. Fotos: Edgar César

Fachada – Leo Romano

Leo Romano fez intervenções na fachada, aproveitando elementos já existentes, como a entrada, a escadaria e a rampa. A grande sacada do projeto se dá na ocupação do espaço frontal com uma pérgula aérea, que proporciona sombreamento e mais conforto térmico e visual. A fachada também expõe uma grande obra de arte de autoria do próprio Leo Romano, com execução da artista plástica Amanda Brasil. Com interferências simples e de baixo custo, Leo Romano traz um novo olhar para um mesmo espaço.

Fachada – Leo Romano

Lounge de Entrada BRB, 72m2 – Giovanna Diniz, Isabela Carvalho, Julianna
Borges e Michelle Mourão

O Lounge de Entrada BRB é o ambiente assinado pela equipe da Riscatto Arquitetura. Giovanna Diniz, Isabela Carvalho, Michelle Mourão e Julianna Borges apresentam um espaço monocromático porém criativo, buscando uma identidade marcante através do uso de uma cor vibrante, tornando o ambiente único, exclusivo e nada tradicional. Para as arquitetas, a cor é protagonista do projeto, onde a luz e a sombra, junto com a fusão dos elementos, criam efeitos significantes, transmitindo diferentes sensações para o visitante.

Lounge de Entrada BRB, 72m2 – Giovanna Diniz, Isabela Carvalho, Julianna
Borges e Michelle Mourão

Loft Celebra 40 – Genésio Maranhão

O designer de interiores Genésio Maranhão apresenta o Loft Celebra 40, expressão de histórias e experiências materializadas desde a primeira edição de Casa Cor Goiás. Com respeito à edificação original, influenciado por gostos e preferências, o conceito expressa ar cosmopolita, com bossa, personalidade, brasilidades, peças atemporais, em diálogo quase poético, tradução do olhar do designer sobre o infinito particular, tema do evento.

Loft Celebra 40 – Genésio Maranhão

Clube Deca, 202m2 – Leo Romano

No Clube Deca, Leo assina um espaço conceitual e minimalista aproveitando a arquitetura desenvolvida por ele mesmo na edição da mostra do ano passado. O ambiente tem layout fluido, dividido entre cozinha, estar, jantar. Contudo, o arranjo não é óbvio. Leo mergulha revestimentos, móveis, tapetes numa paleta de amarelos. A cor solar tão própria de vários trabalhos do arquiteto, postula-se como um ponto de luz e energia. Tudo é concebido para que o espectador possa desenvolver sua própria leitura a partir de suas impressões e experiências.

Clube Deca, 202m2 – Leo Romano

Espaço para Alok e Romana, 130m2 – Meire Santos

Veterana na CASACOR Goiás, Meire Santos criou um Espaço para Alok e Romana, 130M², onde o prazer da convivência em família foi a principal inspiração. Tendo como norte o minimalismo, mas com referências fortes das inspirações que permeiam o trabalho do artista Alok, Meire traz a natureza, elementos indígenas e a brasilidade para o projeto. Um dos destaques é a mesa de som do DJ: um tamanduá bandeira. Nas paredes há objetos
indígenas, que remetem à temática do trabalho recente de Alok. Fotos do Dj e da sua família completam o projeto, que tem mobiliário contemporâneo, iluminação pontual e piso em mármore de reaproveitamento, dando ênfase na sustentabilidade buscada no projeto.

Espaço para Alok e Romana, 130m2 – Meire Santos

Mergulho Particular, 172m2 – Nando Nunes

Em sua 12º participação na mostra, Nando Nunes buscou no mar a inspiração criativa para apresentar uma sala de banho que levasse o visitante a uma imersão na água. O espaço ‘Mergulho Particular’, de 172 m2, o profissional criou ambientes em formato de cubo que, unidos, formam um grande aquário para a sensação de uma experiência submersa. Monocromática, a Aldeia Sala de Banho ganhou diversas tonalidades de verde. Suaves, as nuances se misturam numa exaltação à cor da água. Além disso, o ambiente ganhou três ambientes de SPA; e para conectá-los, a Passarela Infinito, instalada com pastilhas verdes no piso e no teto. Breezes de alumínios em tons de verde e cinza foram usados para a integração de forma orgânica entre os ambientes.

Mergulho Particular, 172m2 – Nando Nunes

Morada Ventú, 200m2 – Expedito Bezerra e Lucas Panobianco

O espaço conceito assinado por Lucas Panobianco e Expedito Bezerra para Ventura traz uma leitura sensível acerca de um olhar criativo brasileiro mais contemporâneo. Uma ode ao novo que para ser genuíno parte respeitosamente da nossa história, mergulhando na arte, nas texturas e em peças que traduzem esse DNA brasileiro ao criar. O projeto segue uma linha jovem, fresca e acolhedora. O ambiente contempla jardim, um gourmet com dois livings, espaços de circulação e uma suíte com sala de banho. Mobiliários arrojados compondo com a arquitetura. Um mix de texturas e sensações que os arquitetos buscam transmitir ao público, desde um detalhe de revestimentos até a arte em cada lugarzinho do espaço.

Morada Ventú, 200m2 – Expedito Bezerra e Lucas Panobianco

BIO Clínica e Spa, 172m2- Fabíola Naoum e Wilker Godoi

Fabíola Naoum e Wilker Godoi assinam o espaço BIO Clínica e Spa de 172m2, homenageando Dieick de Sá Oliveira e Stênio Marques. Com a proposta de oferecer refúgio na clínica de estética, bem estar e spa, os profissionais esperam que os visitantes da mostra se sintam abraçados em nosso espaço, que desfrutem de muita paz, tranquilidade e aconchego. O espaço é composto de materiais naturais, pedra Travertino Wave nas paredes, deck de madeira e um amplo jardim escultural, abraçando todo o ambiente e tornando a Clínica/Spa aconchegante e elegante.

BIO Clínica e Spa, 172m2- Fabíola Naoum e Wilker Godoi

Espaço Lider, 200m2 – Lorrane e Paola Albernaz

O projeto das irmãs Lorrane e Paola Albernaz foi inspirado no episódio Nosedive, da série Black Mirror, que faz uma alusão ao momento em que vivemos: o da sociedade do espetáculo (Debord, 1967). Assim, o espaço ‘Queda Livre’ busca debater sobre os reflexos do uso das mídias de interação e como as redes sociais podem interferir no
comportamento, psique e relações do indivíduo na sociedade contemporânea. Para tanto, será representado em seu ambiente, a moradia de uma típica digital influencer, moderna, bem-informada e ambiciosa. Por meio da cenografia e de mobiliários e armários planejados será possível perceber um pouco de sua rotina, estilo de vida e contradições impostas pela dependência digital.

Espaço Lider, 200m2 – Lorrane e Paola Albernaz

Clínica de Bem Estar Eleve, 80m2 – Helena Duarte Abreu, Matheus Vieira e
Nathalia Freitas

Vencedores do Concurso Jovens Talentos da CASACOR em 2019, Helena Duarte Abreu, Matheus Vieira e Nathalia Freitas assinam, na edição 2022, a Clínica de Bem Estar Eleve. Dividido em recepção, consultório com espaço para atendimento e procedimentos e jardim, o espaço é minimalista, quase monocromático, com pontos em tons pastéis. Embora seja um espaço comercial, o ambiente é aconchegante e cheio de bossa. No mobiliário os arquitetos optaram pela madeira com movimentos orgânicos, suaves e imponentes, assim como materiais como palha e corda.

Clínica de Bem Estar Eleve, 80m2 – Helena Duarte Abreu, Matheus Vieira e
Nathalia Freitas

Living Essência, 115,8m2 – Alessandra Nahas e Vanessa Graner

Alessandra Nahas e Vanessa Graner assinam o espaço denominado Living Essência baseado no movimento de conduzir um retorno às origens, com o essencial para viver bem. As arquitetas exploraram texturas e movimentos, de forma a percorrer o olhar para cada canto do ambiente, desde o piso até o teto, numa releitura do Wabi-sabi. O espaço possui ainda luz natural, tecidos claros e volumosos, rusticidade no piso com as réguas de madeira e paredes com pintura texturizada. Criando assim, um equilíbrio e uma atmosfera de harmonia entre cores neutras, design, conforto e ancestralidade, que de fato remetesse ao infinito particular de cada indivíduo.

Living Essência, 115,8m2 – Alessandra Nahas e Vanessa Graner

Sala do Leitor, 81m2 – Arytana e Ticiana Stefenoni

As irmãs Arytana e Ticiana Stefenoni, veteranas na mostra, apresentam o espaço: Sala do Leitor. Pensado para aqueles que gostam de literatura e música, o projeto utiliza a concepção chamada color block que na arquitetura, consiste em manter uma única cor padrão em todo o ambiente. Obras de arte do artista Estevão Parreiras e do artista Diogo Miranda, e trabalho de tapeçaria de Carolina Kroff compõem o ambiente junto de peças de antiquário, das quais inclui cadeiras de Jorge Zalszupin.

Sala do Leitor, 81m2 – Arytana e Ticiana Stefenoni

Lounge Unimed, 105m2 – Mariana Viana

O Lounge Unimed é o ambiente de estreia da arquiteta Mariana Viana. O espaço de 105m2, se inspirou em um lounge corporativo com espaço para relaxar e admirar. No teto, o céu escultural de correntes induz o visitante a pensar no próprio infinito particular. Elementos de mármore nero, mdf e ferro laqueado trazem sofisticação e atemporalidade. Móveis Brenton complementam o ambiente, com poltronas e bancos assinados por Murilo Weitz, mesas laterais por Giácomo Tomazzi e mesa de centro por Luisa Moyses. Iluminação focal e indireta traz destaque para os elementos do lounge, incluindo a obra do célebre Antonio Poteiro.

Lounge Unimed, 105m2 – Mariana Viana

Praça Interna + Corner Sebrae, 275 m2 – Guilherme Barbosa ; Vanessa Machado e
Vanusa Machado

A Praça Interna + Corner Sebrae é o ambiente de estreia da equipe do Studio Moov de Arquitetura. Os arquitetos Guilherme Barbosa e Vanusa Machado e a design de interiores Vanessa Machado, foram desafiados a projetar o estilo de uma praça pública em um ambiente interno. Para alcançarem esse objetivo, utilizaram uma combinação de um mobiliário dinâmico, paisagismo “móvel” e a arquitetura minimalista. Além disso, elementos de célebres designers brasileiros foram integrados ao espaço como: a poltrona Gaivota, de Ricardo Fasanello, e poltronas Gravatá, do designer Guilherme Wentz. Assim, o layout dinâmico proporciona aos visitantes inúmeras formas de sentir e viver o espaço.

Praça Interna + Corner Sebrae, 275 m2 – Guilherme Barbosa ; Vanessa Machado e
Vanusa Machado

Espaço Hausz, 104m² – Ana Cristina Emrich e Juliana Durando

O espaço Hausz é uma extensão da Hausz Concept Goiânia. O projeto desenvolvido pelas profissionais Ana Cristina Emrich e Juliana Durando é uma curadoria para auxiliar cada um a encontrar infinitos particulares. O ambiente é uma varanda que se propõe a aguçar os sentidos e trazer a natureza para perto, através de um espaço funcional para as emoções. Para isso, as profissionais criaram neste espaço vários convites para que os visitantes adentrem seus infinitos particulares por meio de pequenos rituais: lavar as mãos, a escolha do que se quer beber, escolher o lugar para se sentar e o preparo da comida. Um convite às pessoas a se manifestarem e desvendarem o seu infinito particular através de rituais cotidianos.

Espaço Hausz, 104m² – Ana Cristina Emrich e Juliana Durando

Varanda Garagem, 120m² – Bruna Fleury

Em sua primeira participação na CASACOR Goiás, a arquiteta Bruna Fleury assina a Varanda Garagem. O ambiente de 120m2 aborda o tema da mostra de maneira simples, acolhedora e dinâmica. Desenvolvido com o mobiliário solto, poucos detalhes, harmônicos, e com formatos orgânicos que lembram o infinito – sem bordas. O projeto tem ainda como base uso de materiais que se contrastam e se equilibram, como por exemplo a madeira e o cimento queimado. Para complementar, plantas criam uma “selva particular”.

Varanda Garagem, 120m² – Bruna Fleury

Suíte Descompressão, 82m2 – Estevão Garcia

A Suíte Descompressão, assinado pelo arquiteto Estevão Garcia, tem como conceito proporcionar uma experiência de descanso e relaxamento para o casal, onde o ocupante tem uma pausa para desconectar da rotina diária, é o refúgio particular de descanso e relaxamento dentro de casa. Através da sinergia com a natureza, utilizando elementos como pedras rústicas, mármores, jardim vertical, vasos de plantas e madeiras. Unindo o estilo contemporâneo e elegante ao requinte de obras de arte, mobiliários nobres e sofisticados, para contemplação da leveza natural em um ambiente tecnológico, automatizado e belo. Assim, o ponto focal do projeto é a pedra natural rústica, Ágatha White, instalada em parede orgânica, integrando a cabeceira da cama e estar íntimo ao closet e sala de banho.

Suíte Descompressão, 82m2 – Estevão Garcia

Alma, 55m2 – Fernanda e Flávia Ogata

Cozy (aconchegante) é a palavra que melhor define o living projetado pelas arquitetas Fernanda e Flávia Ogata. Intitulado Alma, o espaço representa o infinito particular do lar, um ambiente descontraído, que reflete um estilo de vida que busca valorizar os espaços privados em detrimento dos espaços públicos, amplos e impessoais. O conceito se traduz nas curvas suaves e sutis, na escolha dos tons pastéis e no emprego de materiais e texturas que transmitem aconchego e bem-estar. A tecnologia, parte integrante da rotina da maioria das pessoas, também está presente em cada detalhe do espaço. Assim, o ambiente pode ser denominado como: leve e sincero, dedicado aos jovens de corpo ou de mente, e que anseiam por um lar confortável e relaxado.

Alma, 55m2 – Fernanda e Flávia Ogata

Onde os Infinitos Se Encontram, 90m² – Ana Maria Miller, Elisa Tôrres e Tainá
Tôrres

O loft de 90m² de Ana Maria Miller, Elisa Tôrres e Tainá Tôrres promove um circuito no qual o visitante é convidado a percorrer mini ambientes, demarcados, cada um, por uma cor de tapete. No jantar, o foco central é a mesa, em torno da qual as pessoas se encontram e se conectam. Já o estar contém uma provocação: uma caixa de gesso com duas poltronas dentro, e a frase “Onde os infinitos se encontram”, indicando mais uma vez que o encontro dos infinitos particulares se dá no momento da conversa. Ao fim do percurso, um espaço com um tapete maior e colorido, com a junção das cores de todos os ambientes, que, como na vida, se complementam, representando, mais uma vez, o compartilhamento.

Onde os Infinitos Se Encontram, 90m² – Ana Maria Miller, Elisa Tôrres e Tainá
Tôrres

Living Curvas, 90m2 – Izadora Ayres e Nathallia Velasco

O Living Curvas é o ambiente das arquitetas Izadora Ayres e Nathallia Velasco. Com 90m2 o projeto foi pensado para mostrar através de sinuosas curvas a ideia futurista e também minimalista que conectam as pessoas de infinitas maneiras no espaço. O uso de tons em preto e branco cria um ambiente minimalista, e o futurismo foi criado através das curvas feitas na marcenaria. Além disso, o espaço abriga elementos naturais como: pedras, lâminas de madeira e vegetação.

Living Curvas, 90m2 – Izadora Ayres e Nathallia Velasco

Espaço Secreto, 80m2 – Clécio Lourenço e Gervásio Milaneze

Estreantes na CASACOR Goiás, Clécio Lourenço e Gervásio Milaneze apresentam o Espaço Secreto, ambiente pensado para receber, para o convívio com a família e comamigos, ou até mesmo como seu próprio universo secreto. Materiais naturais compõem o espaço juntamente com elementos em madeira, pedras naturais exóticas, tapetes em fibra natural, tecidos nobres de tramas densas, couro e pontos verdes remetendo à esperança. Um living multiuso para expressar e poder curtir todos seus hobbies, com ambiente bar, estar aconchegante, uma mesa para jogos, home office, espaço para leitura ou até mesmo para expressar sua veia artística.

Espaço Secreto, 80m2 – Clécio Lourenço e Gervásio Milaneze

Casa Refúgio, 73m2 – Lucas Machado

Não há nada como se sentir em casa. E é essa a sensação que o arquiteto Lucas Machado instiga com o seu ambiente, a Casa Refúgio. Em meio à predominância de tons claros, iluminação pontual, contrastes sutis e uma atmosfera minimalista, o espaço abraça seus visitantes e os convida a parar e respirar, perceber os detalhes, desacelerar, se permitir sentir cada sensação com calma. O ambiente é integrado, tendo somente uma divisória por meio de um brise, que ainda assim mantém a unidade do todo. Desse modo, os diferentes espaços que compõem a Casa Refúgio, jantar, cozinha, quarto e banheiro, se unificam em uma harmonia acolhedora, sem deixar de lado a funcionalidade.

Casa Refúgio, 73m2 – Lucas Machado

Estar e Ficar, 130m2 – Larissa Leite

Estar e Ficar é o ambiente da arquiteta Larissa Leite. Com 130m2, o espaço une três ambientes em um só e tem inspiração em um casal que adora receber amigos e família e todos ficarem em um só ambiente. Para composição foi utilizada uma paleta de cores monocromática nos tons nude, rosê, off white e terracota. Uma parede com 40 obras de arte inspiradas no infinito particular da artista Lívia Rizzo é destaque no living. Estar e ficar é um espaço minimalista, monocromático, elegante e flexível.

Estar e Ficar, 130m2 – Larissa Leite

Casa Aura, 90m2 – Cristiane Moussa

A Casa Aura é minimalista e leve. Assinado por Cristiane Moussa, o espaço de 90m2 é composto por loft com sala, cozinha, quarto e banheiro, e foi idealizado para uma moradora que trabalha fora e que faz de sua morada um grande refúgio. Um ambiente em que visitante possa se desconectar e resgatar a paz interna. Foram utilizados materiais e peças de madeira, cores claras e texturas que tornam o local sutil e aconchegante. Cristiane também apresenta um espaço ecologicamente sustentável com a utilização do Dekton Rem, material que se assemelha ao mármore branco, e mdf.

Casa Aura, 90m2 – Cristiane Moussa

Varanda Essencial, – Isis Dallarmi

A Varanda Essencial denomina-se como um living avarandado, um espaço que convida seus usuários a se jogarem no mobiliário e nos bons drinks. Assinado por Isis Dallarmi, o ambiente foi pensado para relaxar, receber, rir, dançar e curtir, sem cerimônia. O espaço se encaixa na tendência do minimalismo orgânico, explorando a beleza das rochas naturais, sem pesar nos tons. Nas paredes texturas naturais, com apelo sensorial e pegada monocromática, servem de pano de fundo para receber o mobiliário contemporâneo, aconchegante e convidativo. A tapeçaria desenvolvida exclusivamente para o ambiente, por Carolina Kroff, traz charme para a composição do local. Elementos orgânicos como plantas trazem a natureza para esse living avarandado moderno e descomplicado.

Varanda Essencial, – Isis Dallarmi

Sun House, 95m2 – Mayara Oliveira

A arquiteta Mayara Oliveira apresenta o ambiente Sun House. O espaço de 95m2 é um grande living, que integra área de leitura com jardim, tv, adega, home office, e jantar, no qual o infinito particular está expresso na multifuncionalidade do lar. O destaque é a foto do artista Ribas, posicionada no centro do ambiente: um imenso pôr do sol, de onde veio o nome do ambiente. Na interpretação da profissional, o sol representa vida e recomeços, nesses tempos de pós pandemia nos trazendo vários significados. A Sun House é acolhedora e tem o objetivo de proporcionar ao morador o maior conforto, com bastante funcionalidade.

26 – Sun House, 95m2 – Mayara Oliveira

Home Office do Artista, 77m2 – Marcelo Menezes e Sammea Vilarinho

Assinado por Sammea Vilarinho Andrade e Marcelo Menezes, o Home Office do Artista é um espaço urbano, inspirador, sofisticado, moderno e descolado. O cinza predomina nas paredes e teto e no piso cimento queimado. Inspirado na Galeria Leme, em São Paulo, cidade em que a Sammea morou alguns anos. O ambiente irá expor mais de 15 obras fotográficas produzidas pelo próprio Marcelo Menezes. Um toque de personalidade no espaço são alguns objetos pessoais, como a bicicleta. Assim, o espaço é seu infinito particular, local para criar, descansar, receber clientes e proporcionar momentos de lazer com amigos.

Home Office do Artista, 77m2 – Marcelo Menezes e Sammea Vilarinho

Espaço Brasal, 140m2 – Lia Galera

O Espaço Brasal, assinado por Lia Galera, será a vitrine para a Brasal Incorporações apresentar ao público seu próximo lançamento de edifício residencial em Goiânia. Com três diferentes ambientes, o projeto cria artifícios como a repetição de elementos, jogos de espelhos e uma infinidade de texturas que convidam o visitante ao infinito e ao aconchego. Além dos ambientes que compõem o espaço, as diferentes sensações possíveis de serem sentidas neles resultam no “Infinito Particular”.

Espaço Brasal, 140m2 – Lia Galera

Estar Goiano, 110m2 – Isabel Dias da Fonseca, Lara Veiga Zago e Rafael
Fernandes da Silva Sousa

Estreantes na CASACOR Goiás, os arquitetos e urbanistas Isabel Dias da Fonseca, Lara Veiga Zago e Rafael Fernandes da Silva Sousa desenvolveram uma área de convivência de 110 m²: o Estar Goiano. O espaço, que tem o conceito de praça, funciona com um oásis em meio a mostra, para uma pausa e contemplação do jardim. Delimitado por tapetes, jardins com argila expandida e vasos ornamentais, o ambiente tem cores terrosas e iluminação focal e indireta no forro, que sugere o contorno do espaço. Na composição do ambiente estão sobrepostos tapetes com diferentes cores e texturas que trazem dinamicidade e, ao mesmo tempo, aconchego. Do forro ainda descem pendentes de palha, compondo um ambiente aconchegante que valoriza texturas naturais.

Estar Goiano, 110m2 – Isabel Dias da Fonseca, Lara Veiga Zago e Rafael
Fernandes da Silva Sousa

Loja de Aromas, 55m² – Rachel Borges

Rachel Borges retoma à mostra com uma inspiração especial: a eternização de memórias através dos aromas. Para isso, a arquiteta traz em um ambiente de 55m², a mistura do novo com o antigo, proporcionando o retorno às memórias por meio dos sentidos. Um convite ao visitante a se sentar, sentir o espaço e relaxar no estar da entrada. A Loja de Aromas é a nossa própria casa ambientada com memórias antigas e atuais, arte, textura, música, cheiro e estímulos visuais.

Loja de Aromas, 55m² – Rachel Borges

Espaço Resort, 36m2 – Marcos Laffyte Oliveira Cabral e Vivian Araújo São José

O Espaço Resort, assinado por Marcos Laffyte e Vivian Araújo, traduz as memórias das férias em família. Com a utilização de elementos naturais – chão de pedra, forro de madeira e plantas – os profissionais buscam transportar o visitante para suas memórias afetivas. No plano principal foi escolhido um piso em pedra com diferentes dimensões e relevos, com o intuito de despertar a vontade de pisar descalço. A estante em pedra natural recebe objetos azuis e brancos que remetem às piscinas naturais e ao mar. As paredes laterais têm textura e cor de areia, e o forro recebe revestimento em cor madeira. Cada item escolhido foi pensado para criar um design biofílico.

Espaço Resort, 36m2 – Marcos Laffyte Oliveira Cabral e Vivian Araújo São José

Banheiro Público, 69m2 – Amanda Mendonça e Havanio Soares

Em sua primeira participação na CASACOR Goiás, Amanda Mendonça e Havanio Soares, contam histórias a partir da exposição de obras do “Projeto Pigmentos”, de Rodolpho Furtado, sobre os edifícios de valor afetivo e patrimonial para Goiânia. Denominado ‘Ambiente Memorável’ o espaço vai além da função cotidiana de um banheiro público.
Fragmentado em blocos que possuem funções e cores base distintas, para gerar um percurso de exposição, o espaço desperta a curiosidade dos participantes para o conhecer. Além disso, cada circulação gera novas perspectivas dentro do ambiente. Para destacar os blocos, o piso e o teto são pretos.

Banheiro Público, 69m2 – Amanda Mendonça e Havanio Soares

Café Teatro, 125m2 – Isabela Tonelli e Rodrigo Ferreira

A dupla Rodrigo Ferreira e Isabela Tonelli concebeu o Café Teatro com influências minimalistas, com paleta de cores em tons pastéis e iluminação cênica que proporciona cor e intensidade ao ambiente nos momentos de performances. O mobiliário preza pelas formas puras, com destaque para a cadeira Peacock Chair, da década de 40, que juntamente com a mesa posta que está no centro do ambiente, faz uma releitura do ritual do chá do Chapeleiro Maluco, do filme Alice no País das Maravilhas. Peças assinadas do artista Marcus Camargo, Ieda Jardim, Leo Romano e Davi Sabino compõem o ambiente.

Café Teatro, 125m2 – Isabela Tonelli e Rodrigo Ferreira

Restaurante, – Gabriel Bela Cruz

Um bloco monolítico em formato de uma casa tradicional que se revela colorido e integrado à natureza. Assim, é o restaurante do arquiteto Gabriel Bela Cruz para a CASACOR Goiás 2022. O brutalismo pincelado nos detalhes contrasta com a leveza dos panos de vidro que circundam o local e permitem a visualização do jardim. O visitante será imerso em uma experiência na qual a arquitetura é mais importante que os adornos. A força trazida pelas formas, cores e texturas busca todos os sentidos, seja através da visão (pela irreverência do azul predominante), do tato (pelo toque do revestimento cimentício), da audição (a brisa atravessando as texturas) e finalizado pelo paladar (ao degustar os pratos do chef). A experiência sensorial leva o visitante a ter uma visão totalmente particular do infinito que a arquitetura pode proporcionar.

Restaurante, – Gabriel Bela Cruz

Jardim do Restaurante, 35m2 – Leandro de Paula Araújo

O projeto do paisagista Leandro de Paula Araújo é um esfuziante jardim de flores na coloração alaranjado intenso, com duas mil unidades de Sunpatiens (Impatiens hybrida), com pontuações brancas. O espaço também abriga quatro Patas de Elefante (Beaucarnea recurvata), além de Fórmios Verdes (Phormium tenax) e Arecas Bambu (Dypsis lutescens). O paisagista utilizou pedriscos de resíduos de construção e demolição para destacar as espécies e desenhar o paisagismo, que tem como conceito despertar a emoção visual através das cores, em um espaço que prima pela simplicidade e pela poesia.

Jardim do Restaurante, 35m2 – Leandro de Paula Araújo

Vinho Bar – Rubiana Teixeira

Inspirado nas mudanças ocorridas pelos acontecimentos globais, o Bar & Vinho, assinado pela arquiteta Rubiana Teixeira, é conceituado como um local flexível, de descontração, de reconectar com quem está ao redor e de afinar com a natureza. Um espaço dinâmico e relaxante em meio à agitação do mundo atual, representa um ponto de reconexão frente às transformações do cotidiano. Revestimentos e cores claras propõem trazer calma a quem frequenta o ambiente, enquanto as folhagens presentes no papel de parede trazem equilíbrio e reconexão com a natureza. A marcenaria feita no Cumarú forma uma composição que aquece e traz aconchego e os bancos desenhados pela própria arquiteta ajudam a criar um local mais elegante. Um ambiente de convivência digno de compartilhar momentos.

Vinho Bar – Rubiana Teixeira

Terraço Flamboyant- Shoraya Canêdo

Para elaborar o Terraço Flamboyant, a paisagista Shoraya Canêdo criou uma conexão entre a natureza e o contemporâneo. O ambiente se constrói na ideia de que o visitante consiga viajar dentro de si, de seu mundo particular. Foram trabalhados no ambiente os quatro elementos: terra, água, fogo e ar. E dentre os elementos presentes, o espelho d’água foi criado em estilo único, permitindo que o visitante passe pelo fogo e adentre caminhando por cima das águas como se encontrasse o seu próprio eu. O Terraço Flamboyant irá proporcionar o despertar através dos quatro elementos vitais em forma de um recomeço.

Terraço Flamboyant- Shoraya Canêdo

Serviço
CasaCor Goiás
Data: 20 de maio a 5 de julho de 2022
Local: Flamboyant Shopping
Ingresso: inteira R$76,00 e meia R$38,00
Vendas pelo link: https://linktr.ee/CASACORGOIAS