Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Neurociência na perfumaria: Natura lança fragrância que desperta a atração

Beijo de Humor é a grande inovação da perfumaria da marca para celebrar o amor
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
(Divulgação)

A Casa de Perfumaria do Brasil acaba de lançar Beijo de Humor, fragrâncias inovadoras que foram desenvolvidas para despertar momentos com mais amor e humor para os casais. As versões masculina e feminina possuem um envolvente caminho olfativo, capaz de despertar a atração, e podem ser personalizadas pelo exclusivo Elixir Humor + Beijo, que potencializa a “vontade de beijar” e “ficar juntinho”. A grande inovação é que todas essas sensações foram cientificamente comprovadas por meio de uma pesquisa de Neurociências conduzida pela área de Ciências do Bem-estar, da Natura, e a Unidade de Neurociência da casa de fragrâncias Symrise.

“Quando sentimos um cheiro, nosso cérebro processa e armazena essa informação junto com as nossas emoções, sentimentos, pensamentos e associações que fazemos todos os dias. Não nos damos conta de grande parte destas informações, mas elas podem, ainda assim, influenciar nossas escolhas e comportamentos. É nessa parte que entra a Neurociência, nos ajudando a comprovar como nossas emoções e sentimentos estão relacionados aos cheiros, sem que tenhamos consciência”, destaca Patrícia Tobo, gerente da área de Ciências do Bem-Estar da Natura. “Temos a oportunidade de aplicar a Neurociência para entender as emoções e o comportamento de nossos consumidores visando promover, cada vez mais, experiências inovadoras de bem-estar”, completa.

Vontade de beijar e ficar juntinho

Realizada com 400 homens e mulheres entre 18 e 29 anos que usam fragrâncias pelo menos três vezes na semana, a pesquisa utilizou dois métodos distintos de Neurociência para acessar e comprovar as sensações e emoções provocadas pelos lançamentos. Primeiro, através do chamado Teste IAT (Implicit Association Test), em que cada participante cheirava três fitas olfativas de Beijo de Humor por 10 segundos, comprovou-se cientificamente que as fragrâncias, em conjunto com o Elixir, despertam a atração entre o casal. Nas mulheres, a versão feminina as fez sentir subconscientemente mais “Sedutora”, “Irresistível”, “Atraente”, “Apaixonada”, “Confiante” e ainda aumentou a “Vontade de Ficar junto”. Já a versão masculina despertou nos consumidores os sentimentos: “Sedutor”, “Atraente”, “Magnético”, “Vontade de Ficar junto”, “Apaixonado”, “Confiante” e “Inovador”.

O segundo método utilizado, o chamado EEG, produziu métricas de valência e de excitação. Para este estudo foi utilizado o equipamento sem fio de alta precisão utilizado pela Nasa, o Quick-20, da empresa Cognionics, que possui 20 eletrodos. O dispositivo capturou, de forma não invasiva, as ondas cerebrais dos consumidores que representam como eles realmente se sentiam em relação às fragrâncias testadas. Cada participante avaliou as duas versões de Beijo de Humor: primeiro, recebia a primeira fita olfativa com uma das fragrâncias, a cheirava por dez segundos e, logo após um intervalo de 15 segundos sem nenhum outro estímulo, era solicitado a cheirá-la novamente. Após o processo da primeira fragrância ser realizado, o mesmo era aplicado para a segunda. Nesse estudo, por sua vez, comprovou-se que ambas as fragrâncias produziam sensação energizante e estimulante nos participantes, enquanto o Elixir Humor + Beijo despertou, subconscientemente, o bom humor.

“A aposta da Natura na Neurociência abre caminho para novas maneiras de surpreender e estimular sensações positivas para criar uma experiência olfativa única de bem-estar. As fragrâncias Beijo de Humor reforçam nosso compromisso com a trajetória pioneira de inovação na categoria”, finaliza Denise Coutinho, diretora de Perfumaria da Natura.