VIAGEM - 03/10/2017

Turismo de luxo contou com área exclusiva na ABAV Expo 2017


Com mais de 10 grifes, incluindo os principais destinos e serviços premium, na primeira edição, o Lounge de Turismo de Luxo foi um dos espaços mais concorridos da ABAV Expo. Idealizado pelo empresário Otavio Neto – CEO do Grupo Radar & TV, em parceria com a ABAV, o espaço promoveu marcas nacionais e internacionais, com a geração de novos negócios e principalmente relacionamento.

O espaço contou com a presença de autoridades, formadores de opinião, empresários e mais de 30 compradores nacionais e 45 internacionais (Peru, Chile, Uruguai, Argentina). E o sucesso de sua estreia na ABAV Expo 2017, evento encerrado nesta última sexta-feira (29), no Expo Center Norte, entusiasmou as empresas participantes, assim como seus organizadores. Em menos de 6 horas, da abertura da feira, o compromisso de repercutir a ação foi firmada entre os envolvidos.

“Trata-se de uma quebra de paradigmas e um novo olhar para o mercado de feiras e eventos, com espaços mais elegantes, exclusivos e informais, proporcionando uma maior integração e oportunidade network. E este é um dos meus compromissos como profissional do setor: a geração de novos negócios. E não temos dúvidas, que estas metas foram atingidas, na nossa primeira parceria com a organização da ABAVExpo”, diz Otavio Neto.

A prova disso foi confirmada nos ícones do mercado de luxo presentes no espaço. Como os destinos de Mônaco, Riviera Nayarit, Puerto Vallarta, Lucerna, Noruega, Ilhas Seychelles, além do Resort Burgenstock, da Pousada Maria Bonita (Fernando de Noronha), Nobu Hotel - Eden Roc, Único Riviera Maya, e das prestadoras: Líder Aviação Executiva e Mobility.

Autoridades também marcaram presença e deram suas percepções sobre o espaço e o setor de turismo de luxo. Na opinião do presidente da ABAV, Edmar Bull, o Lounge Turismo de Luxo foi um dos espaços mais sofisticados do evento. “Com certeza foi um investimento com bons resultados. E por isso, vamos repetir esta estratégia, no próximo ano”, ressaltou. Já para Vinícius Lummertz, presidente da Embratur, “o Brasil tem potencial e futuro para atuar com mais intensidade no setor de turismo de luxo, pois trata-se de uma necessidade atual do mercado”.

Veja também