VIAGEM - 04/07/2018

Sete destinos incríveis para conhecer de bike na Europa



Interpoint Viagens e Turismo

A Casa Milá, do arquiteto catalão Antoni Gaudí (Foto: Divulgação)

Viajar é sempre uma experiência fantástica. Mas, e se durante a sua viagem, você experimentasse passeios de um jeito diferente - no banco de uma bicicleta? De brinquedo na infância a meio de transporte oficial em alguns países da Europa, as bikes são opções excelentes para se conhecer o velho continente.

Confira sete destinos incríveis para se pedalar despretensiosamente e se encantar ainda mais pela Europa:

Catalunha, Espanha

Parque Güell, em Barcelona, Catalunha (Foto: Divulgação)

Apenas não se deve ir na Espanha sem conhecer a Catalunha! No interior da província, aproveite a rota do cicloturismo, que além de permitir a descoberta de belas paisagens em Vic, Moiá, Món Sant Bernet, Montserrat, Terrassa e a capital Barcelona sob uma nova ótica, percorre um dos caminhos mais antigos e históricos da Europa – o Caminho de Santiago. Todas as rotas incidem em paradas estratégicas, como um fantástico monastério romano em Santa Maria delL’Estany, por exemplo.

Amsterdã, Holanda

Amsterdã, na Holanda (Foto: Divulgação)

Se existe um lugar ideal para se conhecer por bicicleta, é a Holanda. Segundo a consultoria dinamarquesa de design urbano Copenhagize, em parceria com a revista Wired, três cidades holandesas estão entre as cinco melhores do mundo para se pedalar: Amsterdã, Utrecht e Eindhoven. No país, 34% dos deslocamentos de até 7,5km são feitos por bicicletas.

Amsterdã oferece toda a infraestrutura necessária para passeios de bikes, como semáforo, estacionamentos e terreno plano. Na capital, pedale na beira do Rio Amstel, contemplando os edifícios históricos, como a antiga Câmara Municipal e Arquivo Histórico da cidade de Amstel, que hoje é o lar do luxuoso hotel Pestana Amsterdam Riverside.

Alentejo, Portugal

Vila de Terena, em Alentejo (Foto: Divulgação)

Nas terras “além do Rio Tejo”, em Portugal, a planície rural abre um imenso leque de opções para o cicloturismo, que varia desde infindáveis campos pontuados por girassóis, videiras, sobreiros e oliveiras milenares aos maravilhosos monumentos romanos da cidade murada de Évora, como Templo de Diana, a Capela dos Ossos e a Igreja de S. Francisco. Para os apaixonados por vinho, as vinícolas alentejanas também surgem como opção entre um pedalar e outro.

Falésias de Moher, Irlanda

Falésias de Moher, na Irlanda (Foto: Divulgação)

Que tal se aventurar em um cenário um pouco mais rústico e selvagem? As Falésias de Moher, no Condado de Clare, na Irlanda – caminho entre Dublin e Galway –, é uma ótima opção. Com cerca de oito quilômetros de extensão ao longo da costa no Atlântico, esta incrível formação geológica com mais de 200 metros de altura oferece trilhas para ciclistas em diferentes níveis de experiência. No entanto, é preciso ter cuidado. O terreno é escorregadio e há trechos que possuem pouco menos de 40 centímetros de largura. Dica: Ao se aventurar pelo destino, não se esqueça de dar uma passadinha na O’Brien Tower, ponto mais alto das falésias.

Vale do Loire, França

Castelo de Chambord, no Vale do Loire (Foto: Divulgação)

Nem só de Paris se faz a França! O interior do país guarda vários encantos. Um deles é o Vale do Loire, onde as tortuosas estradas, sem grandes elevações e com grandes cartões postais a vista, se torna uma paisagem encantadora para os ciclistas. Os castelos de Chenonceau, Chambord, Amboise e Chinon atraem mais de 700 mil amantes de bicicletas por ano, tornando a região um importante pólo cicloturístico da Europa. 

Copenhagen, Dinamarca

Copenhagen, na Dinamarca (Foto: Divulgação)

A capital dinamarquesa é outra grande cidade europeia adepta ao transporte sob duas rodas. A infraestrutura local é ótima, o que colabora com a prática e estimula o cicloturismo. Há ciclovias, pontos de paradas e locais para locação de bicicletas por toda a parte. Quem se empolgar, pode conhecer Copenhagen inteirinha de bicicleta, passando por Nyhavn, Christiania, Kastellet, Rosenborg, Igreja de Mármore, Torre Redonda e o Palácio Real.

Sicília, Itália

Praia na Sicília (Foto: Divulgação)

Com cenários dignos de filme – e de longas icônicos, como o clássico O Poderoso Chefão, de Francis Ford Coppola -, pedalar pela Sicilia propõe experiências inesquecíveis, como andar pelas formações rochosas do Etna, um dos vulcões ativos mais altos do mundo, ou ao lado da Reserva Natural de Vendicari.

Bar Viteli, em Savoca, vilarejo na costa leste da Sicília. O local é cenário de uma das cenas do filme "O Poderoso Chefão", de Francis Ford Coppola (Foto: Divulgação)

Veja também