BELEZA - 25/01/2018

Rede de cosméticos realiza protesto na sede da ONU pelo fim dos testes em animais


A The Body Shop, rede inglesa de cosméticos naturais, em parceria com a Cruelty Free International, organização internacional sem fins lucrativos que trabalha para acabar com os testes em animais, organizaram protesto nessa quarta-feira (24), na sede da ONU em Nova York, em apoio à campanha Forever Against Animal Testing - Para sempre Contra teste em Animais-, que consiste em um abaixo assinado global com o objetivo de banir, até 2020, testes em animais com finalidade cosmética em produtos e ingredientes em todo o mundo.

Ativistas e cães saíram às ruas com cartazes de protesto, bandanas e pequenas faixas para demonstrar seu apoio. O protesto teve como objetivo destacar o fato chocante de que 80% dos países do mundo ainda não têm leis banindo testes em animais para fins cosméticos, além de incentivar os consumidores a apoiar a campanha assinando a petição global em http://www.foreveragainstanimaltesting.com.

Quando 8 milhões de assinaturas forem obtidas na petição, a The Body Shop e a Cruelty Free International apresentarão o abaixo assinado à ONU, reivindicando uma convenção internacional com o objetivo de proibir testes em animais para fins cosméticos. Na semana passada, as organizações se reuniram com autoridades das ONU para adiantar discussões sobre o tópico.

Tendo coletado 4,1 milhões de assinaturas nos últimos seis meses, a petição é agora considerada a maior já existente contra testes em animais para fins cosméticos no mundo. The Body Shop e a Cruelty Free International estão fornecendo recursos para ajudar no envolvimento de outras companhias e seus funcionários e convidam todas as empresas que são contra estes testes à aderirem à causa.

Em setembro de 2017, a L'Oreal vendeu a rede de lojas The Body Shop para a Natura, uma empresa brasileira multinacional de cosméticos, livre de crueldade contra animais e listada com o certificado B Corp. Tanto a Natura como a Aesop, a nova empresa coligada da The Body Shop, endossaram hoje oficialmente a campanha.

"Nós, da The Body Shop, acreditamos fervorosamente no bem-estar dos animais e que animais não devem ser usados em testes para fins cosméticos. Nós organizamos nosso protesto em favor dos animais utilizando cães porque eles têm sido um símbolo poderoso durante toda a campanha Para Sempre Contra Testes em Animais, representando o relacionamento que temos com os animais e conectando com defensores dos produtos livre de crueldade. Este protesto excepcional e único simboliza nossa ambição enorme de acabar globalmente com os testes em animais para fins cosméticos. Estamos agora apelando a todas as pessoas, todas as empresas e governos para que se unam à nossa campanha e nos ajude a acabar o que começamos", disse Jessie Macneil-Brown, diretora de campanhas globais da The Body Shop.

Michelle Thew, CEO da Cruelty Free International, também destacou a importância do tema. "O protesto de hoje envia uma forte mensagem aos consumidores e às marcas ao redor do mundo, anunciando que precisamos de seu apoio. Já obtivemos um progresso enorme em direção ao nosso objetivo de banir os testes com animais para fins cosméticos, mas temos ainda mais trabalho pela frente. Queremos ver todas as empresas que são contra estes testes assumir o compromisso e incentivar seus consumidores a fazer o mesmo", explicou.

(Foto: Andrew Kelly/AP Images for the Body Shop)

Veja também