NEWS - 09/02/2020

Projeto que une ciência para a produção sustentável de alimentos é apresentado ao Governo de Goiás


 

Foto: Fábio Lima (Acontece Imagem)

Empresários, pesquisadores, reitores de universidades e Governo de Goiás se reúnem, nesta segunda-feira (10), para conhecer o projeto Biomas Tropicais, desenvolvido em parceria com o Instituto Fórum do Futuro, que é uma iniciativa voltada ao emprego do conhecimento científico no uso racional dos recursos naturais disponíveis nos diferentes ecossistemas brasileiros para a produção sustentável de alimentos.

Participarão do encontro o governador Ronaldo Caiado, os secretários Adriano da Rocha Lima (Desenvolvimento e Inovação), Antônio Carlos Souza Lima Neto (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), representantes do Instituto Fórum do Futuro, como o ex-ministro da Agricultura Alysson Paolinelli, o presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles e o diretor-superintendente do Sebrae Goiás, Derly Fialho.

Também estarão presentes os reitores das principais instituições de ensino de Goiás, representantes de entidades do setor produtivo, como a Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), e membros da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO).

O que é
O Instituto Fórum do Futuro é um grupo de reflexão independente que promove debates de valorização da ciência, pesquisa, tecnologia e inovação a partir da perspectiva do desenvolvimento sustentável. A área central de interesses do projeto é a cadeia de valor do alimento e a bioenergia. Para mais informações, basta acessar o site https://www.forumdofuturo.org/home/.

O projeto Biomas Tropicais tem como objetivo avaliar impactos de áreas ocupadas e criar alternativas para o manejo da atividade agrícola por meio de pesquisas nos diversos biomas do país, sempre em busca de uma agricultura tropical sustentável. Ele é desenvolvido em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), as Universidades Federais de Lavras e Viçosa, além da Universidade de São Paulo (USP), contando com o suporte do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ).

Serviço:

Horário: 9h

Local: Palácio das Esmeraldas

Veja também