NEWS - 06/05/2019

Projeto lança processo seletivo para formação de mulheres como referências políticas

Interessadas de todas as regiões da Capital podem participar do “Goianas na Urna”


Foto: Reprodução

Destinado a capacitar mulheres com potencial de liderança, o projeto Goianas na Urna surge para formar referências políticas com pré-candidatas eleitas para o cargo de vereadora já nas eleições de 2020. Sem filiação partidária ou dinheiro público, a iniciativa abrirá um processo seletivo para mulheres de todas as regiões de Goiânia. As inscrições podem ser feitas através deste link.

Após experiência como coordenadora de campanha para deputado federal nas últimas eleições em Goiás, a economista Emília Marinho decidiu continuar na luta pela renovação na política. “O projeto pretende atrair, selecionar, capacitar e formar uma rede de pré-candidatas a vereadoras para as próximas eleições”, explica. Emília afirma que a intenção é promover uma mudança no atual cenário, em que questões de gênero são impeditivos para a legislatura.

A ação também quer assegurar a participação de negras, indígenas, quilombolas, LGBT+, mães e mulheres com deficiência. Mulheres que já atuam em organizações políticas, movimentos sociais e organizações da sociedade civil também serão bem-vindas.

Veja também