BELEZA - 29/01/2018

Plant based: dieta que valoriza os alimentos por inteiro tem conquistado adeptos


Depois de conquistar a blogueira fitness Gabriela Pugliesi, agora foi a vez da cantora Claudia Leitte se render à dieta plant based. Em tradução literal, Plant Based Diet significa dieta à base de plantas, contudo, ela não é puramente uma alimentação vegetariana ou vegana. “Este plano alimentar, além de excluir ingredientes de origem animal, tem como foco a valorização dos alimentos por inteiro, aproveitando os vegetais integralmente, desde as folhas até caules, cascas e raízes”, explica a nutricionista Mariana Alves, da clínica Slimform.

Em linhas mais amplas a dieta é baseada em vegetais e alimentos na sua forma mais natural, completa, não refinada, além de minimamente processada. “A alimentação dentro dessa dieta baseia-se em frutas, legumes, tubérculos, sementes, oleaginosas, grãos integrais e leguminosas. Ela exclui ou minimiza o consumo de proteína animal de qualquer tipo, tais como: carnes em geral, produtos lácteos e derivados, e ovos, bem como alimentos altamente refinados, como farinhas brancas, açúcar refinado e óleos”, diz a especialista.

O professor emérito em nutrição bioquímica da Cornell University, T. Colin Campbell, é o maior precursor e disseminador dessa alimentação. Autor do livro The China Study, entre outros, Campbell mostra um estudo enorme de longos anos sobre a teoria e experimento aplicados na pesquisa feita por ele e alguns colegas sobre os malefícios do alto consumo de proteína animal e da alimentação atual adotada pela sociedade norte americana. Segundo ele, a plant based fornece todos os macro e micronutrientes necessários e mais do que o suficiente para as necessidades diárias do nosso corpo, até mesmo para atletas.

Para a gastrocirurgiã e nutróloga Adriana Meneses, também da Slimform, a adesão à plant based deve ser bem avaliada pelo profissional de saúde para que os nutrientes corretos sejam adicionados no plano alimentar, entre outras estratégias nutricionais adequadas para o paciente. “Na verdade, ela já existe há bastante tempo. Não é uma coisa nova, mas que agora ganhou um nome da mídia. O plant based é um método de desintoxicação eficiente, mas que precisa estar inserido numa programação alimentar planejada especificamente para aquela pessoa”, explica.

Veja também