CULTURA - 10/02/2020

“O Amor, A Morte e As Paixões” chega à sua 13ª edição

Mostra segue até o dia 26 e reúne 94 filmes, como “O Irlandês”, “Siron. Tempo sobre tela” e “Parasita”


Vai ser dada a largada na próxima quarta-feira, 12, para mais uma edição da maratona cinéfila mais tradicional da Capital. “O Amor, a Morte e as Paixões” chega à sua 13ª edição, às 19h, com um coquetel de abertura no Cinema Lumière do Banana Shopping. O evento vai receber a atriz Bárbara Paz, o cineasta Bruno Barreto e o artista plástico Siron Franco. O curador da mostra, o professor e comentarista de cinema Lisandro Nogueira, revela que esta será uma das melhores edições.  “Mais uma vez, Goiânia verá os melhores filmes do mundo no momento. Premiados nos festivais de Cannes, Veneza, Berlim, Sundance, São Paulo e Rio de Janeiro, além de indicados ao Oscar, entre outros”, adianta. A mostra segue até o dia 26 de fevereiro.

A edição deste ano terá 94 filmes de 26 países, sendo 68 produções internacionais e 22 do cinema nacional, e quatro do cinema goiano. “O público vai ter o melhor do cinema mundial. Hoje, nossa mostra é a terceira mais importante no país, depois do Rio de Janeiro e São Paulo (mostras que lançam filmes). Elaboramos uma lista de filmes para as pessoas curtirem, se emocionarem e refletirem. Nosso objetivo não é só exibir as produções, mas também realizar debates e palestras, formando um público que aprecia a sétima arte”, garante Lisandro.

Siron. Tempo sobre telaSiron. Tempo sobre tela

A vasta programação conta com “1917” (2019), que narra a história dos cabos Schofield (George MacKay) e Blake (Dean-Charles Chapman) durante a Primeira Guerra Mundial. O tão aclamado filme do palhaço do crime, “Coringa” (2019), interpretado por Joaquin Phoenix, também marca presença na mostra. Além de produções como: “Dois Papas” (2019), “Ford Vs. Ferrari” (2019), “O Farol” (2019) e “O Irlandês” (2019), que estão se destacando nas grandes premiações, inclusive no Oscar 2020.

“Parasita” entra para a história do Oscar sendo o primeiro filme não falado em língua inglesa a receber o prêmio de Melhor Filme.Parasita

Buscando fugir dos grandes blockbusters norte-americanos, “O Amor, a Morte e as Paixões” apresenta, também, obras produzidas fora do circuito comercial. “Parasita” (2019), é uma produção sul-coreana contando a trajetória da família de Ki-taek, que por uma obra do acaso começa a se relacionar com uma família rica e se torna “dependente” deles. A nova produção do espanhol Pedro Almodòvar, “Dor e Glória” (2019), também está na mostra, trazendo a versatilidade do diretor. Filmes como o israelense, “Synonymes” (2019); Os Franceses “Les Misérables” (2019), “Retrato de Uma Jovem em Chamas” (2019) e o Polonês “Duas Coroas” (2019) ainda integram a programação.

CoringaCoringa

E é claro que o rico cinema nacional não seria deixado de lado, a 13ª edição oferece mais de 20 opções de produções brasileiras, sendo que quatro são filmes goianos. O documentário paulista “Siron. Tempo sobre tela” (2019) apresenta a trajetória de vida e pensamentos do artista plástico goiano Siron Franco, que estará presente no dia da abertura da Mostra, 12/02. Além deste, a lista conta com filmes como “Paraíso Perdido” (2017); “Theo, Além da Liberdade” (2016); “Açúcar (2017)”; “Adoniran – Meu Nome é João Rubinato” (2018), “De Peito Aberto” (2018) e “Estou Me Guardando Para Quando o Carnaval Chegar” (2019).

 

SERVIÇO

13ª edição da Mostra “O Amor, A Morte e as Paixões”

Filme: “Siron. Tempo sobre tela”

Quando: 12 de fevereiro de 2020

Horário: às 19h – coquetel seguido da sessão

Onde:  Cinema Lumière, Banana Shopping (Avenida Araguaia, Nº 376, Centro de Goiânia)

Valor: Entrada franca para os 100 primeiros espectadores (1 ingresso por pessoa). Retirar o ingresso pessoalmente no dia 12/02 a partir das 13h na bilheteria do cinema.

 

Ingressos de 13 a 26 de fevereiro

Valor: R$ 24,00 (entrada inteira); R$ 12,00 (meia entrada) – Na Mostra todos pagam meia

Valor para parceiros: Adufg, Apuc, Clube O Popular, Sinpro/Go e Unimed R$ 10,00

Veja também