GASTRONOMIA - 19/12/2017

Madalena Gastrobar abre suas portas nesta quarta-feira


O projeto arquitetônico leva assinatura de William Hanna (Imagem: Divulgação)

Comidas de boteco elaboradas e um ambiente descontraído. Essa é a proposta do Madalena Gastrobar. Localizado no Setor Marista, o estabelecimento chega apresentando um novo conceito em atendimento, serviço de excelência e menu diferenciado. O gastrobar, tendência mundial, busca unir as características das cozinhas de restaurantes sofisticados com a abordagem oferecida por bares e botecos tradicionais.

O "Mada" é uma aposta de cinco amigos: Anderson Barbosa, Fabiano Vaz, Fábio Pertence, Fabrício Magalhães e Flávio Magalhães. Os empresários que já têm experiência nas noites goiana, se uniram para criar o mais novo ponto de encontro para uma boa conversa, em que bebida e comida são parte dessa história. Aberto de terça à sexta-feira a partir das 18 horas e sábado e domingo a partir do meio dia, o gastrobar tem espaço para até 200 pessoas e brinquedoteca para crianças.

O ponto de partida usado pelo arquiteto William Hanna para projetar os três ambientes do Madalena foram elementos simples, que trazem o resgate da essência do interior, com inovação e modernidade. As mesas em madeira e cadeiras almofadadas dão conforto, já a iluminação foi pensada para que o público possa apreciar os pratos. "As luzes oferecem aconchego e bem-estar para quem passa pelo local", afirma Hanna. A intenção do projeto é fazer com que o visitante se sinta em casa.

Com um balcão de oito metros de comprimento, o whisky, a vodca, a cachaça e outras bebidas serão atração a parte. O mixologista Rodrigo Viana é o responsável pela carta de vinhos e drinks da casa. "A criação dos coquetéis surgiu com o estilo do Madalena, valorizando o cerrado brasileiro", afirma ele. São bebidas de produção artesanal, a exemplo do xarope de capim santo, licor de baru e limão galego. Rodrigo buscou respeitar toda a coquetelaria clássica, adaptando as bebidas e criando releituras de drinks clássicos.

A assinatura do menu é do Chef Ian Baiocchi. Gastrólogo com passagem pelos melhores restaurantes do Brasil e do mundo, eleitos pelo Guia Michelin, Ian já é conhecido e premiado pelo público goiano. O chefe fez questão de criar um cardápio autoral, variado e exclusivo para atender os mais exigentes paladares da alta gastronomia.

O Madalena é inspirado em um dos locais mais charmosos de São Paulo, a Vila Madalena. O bairro nasceu no século XVI, mas foi na década de 70 que passou a ganhar destaque em razão da proximidade de universidades. Os estudantes tomaram conta da região e fizeram do bairro um espaço de arte moderna. Hoje, galerias, ateliês e lojas de grifes são estabelecimento comuns pelas ruas, sem falar da noite boêmia. A modernidade, animação e a pluralidade paulista tem a sua cara no Madalena Gastrobar.

Durante os primeiros dias de inauguração, adotou um novo sistema, onde o visitante convidado deverá entrar em contato e fazer a reserva da mesa até as 20h15, após o horário, a casa está liberada para receber o público em geral.

O endereço é na Rua 137, quadra, 55 lote 4, número 42, esquina com a Rua 147, Setor Marista, em Goiânia.

Casa leva menu assinado por Ian Baiocchi e carta de drinks pelo mixologista Rodrigo Viana (Foto: Reprodução/ Instagram)

Veja também