BELEZA - 30/08/2019

Limpeza Facial: existe diferença entre limpar o rosto com as mãos e com aparelhos?

Fazer o processo apenas com as mãos não garante a remoção adequada dos agentes maléficos para o rosto. Acúmulo a longo prazo pode diminuir a produção de colágeno


Foto: Divulgação

Existe um bom motivo para as pessoas mais velhas sempre alertarem sobre os cuidados que devemos ter na hora de lavar as mãos. Já devem ter lembrado você de dar uma passadinha no banheiro antes de comer, ou então advertido sobre onde sua mão estava. O contato de uma mão “infectada” com a boca, nariz ou os olhos, por exemplo, pode facilmente transmitir bactérias, fungos e vírus para o organismo. Você tem se atentado a isso?!

Ao estabelecer a rotina de cuidados faciais, um dos passos mais importantes é a limpeza. No decorrer do dia, bactérias, poluentes e sujeira são atraídos para a pele, que se não for limpa adequadamente, podem gerar envelhecimento, erupções, acne e pigmentação. A Foreo, empresa sueca voltada para o mercado de beleza e bem-estar, revela por que lavar o rosto com as mãos não é suficiente e como um aparelho simples pode transformar completamente a pele e deixá-la mais saudável e radiante em poucos minutos.

Foto: Divulgação

As bactérias estão em contato direto com as nossas mãos quando encostamos em teclados, carros, mesas de trabalho e nos celulares que seguramos o dia todo. “Não há nada de errado na limpeza com as mãos, mas se elas não forem higienizadas adequadamente, é possível levar sujeira, produtos químicos e óleo para o rosto”, afirma a gerente-geral da Foreo no Brasil, Bianca Tavares. Ela explica ainda que o aparelho adequado pode otimizar a limpeza do rosto e remover as impurezas em 99,5%.

De qualquer forma, fazer o processo apenas com as mãos não garante a remoção adequada dos agentes maléficos para o rosto e o acúmulo a longo prazo dos mesmos também acarreta em uma cútis menos iluminada e mais propensa à doenças e à diminuição da produção de colágeno. Por outro lado, a utilização de aparelhos na rotina de cuidados faciais proporciona uma limpeza muito mais profunda que previne de forma fácil todos esses problemas, devolvendo a luminosidade, firmeza e textura suave à pele.

A indicação é o material de silicone do LUNA, que é 35 vezes mais higiênico do que outros materiais, como silicone comum, borracha ou cerdas de nylon, e ajuda a evitar o acúmulo de bactérias.

Veja também