CASA - 29/05/2019

Leo Romano participa da Casa Cor São Paulo 2019

Arquiteto goiano traz em seu ambiente um universo de fantasia


Paredes Mágicas (Foto: Salvador Cordaro)

O arquiteto e designer goiano Leo Romano está em solo paulista para participar de mais uma edição da Casa Cor São Paulo. O arquiteto traz para a sua quarta participação na mostra um ambiente inovador que mescla fantasia e realidade. O Paredes Mágicas apresenta um layot diferente que convida o visitante a sair do lugar comum e dar asas à imaginação. “O nome Paredes Mágicas foi um jeito poético e onírico de falar sobre o projeto, que foi construído com uma arquitetura própria e autônoma, fazendo alusão à fantasia, ao empilhamento, a desenhos simples de nossa mente e às diferentes formas de morar”, afirma Leo Romano.

O espaço consiste em um loft de 100 m² que, apesar de bem marcados, possui os seus ambientes concebidos de maneira integrada. A construção é feita com o envelopamento completo das paredes e do teto com revestimentos metálicos. Porém, as protagonistas do décor são as caixas de MDF pintadas e empilhadas, que atuam como pequenos ambientes abrigando, respectivamente, cozinha, banheiro, quarto e duas saletas. Esse arranjo vertical permitiu aumentar a área construída, garantindo mais espaço e charme para o estar.

Para que o visitante possa se envolver nesse universo lúdico, o espaço tem uma atmosfera levemente escura, sem ser algo sombrio, e sim um ambiente de sonho. A iluminação é toda pontual a fim de valorizar objetos e cantos específicos com a prevalência da beleza da luz. Entre os elementos da decoração estão fotografias com cenas cinematográficas e circenses, que ficam sobrepostas por peças cerâmicas que imitam braços e pernas, ampliando as características de mundo imaginário.

A curadoria dos móveis reúne o melhor do design nacional com peças icônicas de Oscar Niemeyer, Claudia Moreira Salles, Giuseppe Scapinelli, Jorge Zalszupin e do próprio Leo, que assina um sofá inédito, além dos objetos de arte desenvolvidos em parceria com a artista Ieda Jardim.

Dentro do conceito Planeta Casa, que norteia os projetos do evento neste ano, Leo Romano conseguiu agregar da melhor forma os pilares Afeto, Sustentabilidade e Tecnologia. Entre os exemplos, os revestimentos de piso, parede e teto foram instalados de modo a preservar a integridade dos materiais, para que depois da mostra possam ser reutilizados, contribuindo, assim, com uma vida mais sustentável.

Paredes Mágicas (Foto: Salvador Cordaro)

Veja também