CASA - 25/10/2018

Designuviando estreia em quatro ambientes na Casa Cor Brasília


Jardim do Jornalista, ambiente de Maria Rúbia Magalhães na Casa Cor Brasília 2018 (Foto: Edgard Cesar

Uma iluminação bem planejada faz toda a diferença em um ambiente. Na Casa Cor Brasília, não poderia ser diferente. A mostra de decoração, que teve início em 12 de setembro e termina na próxima terça-feira (30 de outubro), trouxe espaços com luminárias e spots de luz

A Designuviando, empresa dos sócios Sayuri Morinishi e Rachidh Homsi, se consolida em quatro ambientes da mostra com iluminação conceituada e execução de projetos. Um deles é o Jardim do Jornalista, assinado pela paisagista Mara Rúbia Magalhães, que aposta no minimalismo e destaca apenas elementos pontuais como as luminárias esféricas. Em polietileno, as peças penduradas no pergolado e nos postes são responsáveis por acentuar o revestimento, mobiliário e a vegetação tropical. Além do luminotécnico, a empresa assina toda a execução do jardim. Varanda do Florista, de Elder Galvão (Foto: Gillian Caetano)

Em parceria com o arquiteto Elder Galvão, a Varanda do Florista ganhou verdadeiras peças de arte assinadas por designers nacionais renomados, como a luminária Bubble do Tiago Curioni e a Peso da Tomada. O paisagismo é pontuado com iluminação exclusiva para a área externa.

Espaço feito à mão, de Aline Ferreira e Julyanne Alves (Foto: Paula Arantes)

No Espaço Feito à Mão, das arquitetas Aline Ferreira e Julyanne Alves, a Designuviando realizou a execução da loja e apostou em uma iluminação geral mais conceitual indireta. Nos pendentes, as lâmpadas de filamento de carbono que permitem a dimerização do espaço proporcionam a integração do visitante ao ambiente. Os soquetes são de cobre e de concreto.

Praça Bárbara, de Leo Romano (Foto: Jomar Bragança)

Já na Praça Bárbara, do arquiteto Leo Romano, os spots de luz ajudaram a iluminar em volta da estrutura principal, deixando o salão de festas pronto para receber eventos durante a noite.

Veja também