CULTURA - 06/07/2018

Dança contemporânea espanhola é parte da programação de julho da Manga de Vento


 Álvaro Esteban e Laura Aris em "Cualquier Mañana" (Foto: Elías Aguirre)

Neste mês de férias, quatro artistas espanhóis ocupam o palco do Centro Cultural UFG, com performances e oficinas na Manga de Vento – Mostra Expandida de Dança, iniciada em maio deste ano e que segue até outubro. As apresentações contam com curadoria de Kleber Damaso e apoio do Fundo de Arte e Cultura de Goiânia.

Hoje, dia 6 de julho, a dupla Álvaro Esteban e Laura Aris apresenta o duo Cualquier Mañana e os solos Open Wound e Antípodas. Open Wound faz parte da série de solos MicroActions, criada 2013 e 2014, como artista residente da Hong Kong Academy for Performing Arts (HKAPA). Neste trabalho, a performer vai criando imagens em movimento, que evocam formas com grande poder emocional.

Em seguida, Álvaro Esteban apresenta ao público uma criatura que passa sua vida de costas para o mundo, quase imóvel, encarcerada por seus próprios medos. O solo Antipodes é o tempo/espaço em que o corpo se dedica ao aprendizado do voo, da caminhada, da interação com o seu entorno, mas sempre mantendo seu rosto velado.

Juntos em cena para encerrar o programa da noite, Laura Aris e Álvaro Esteban tratam de maneira intimista a tristeza natural provocada pelos laços quebrados em Cualquier Mañana, que fala sobre o desconsolo diante do desaparecimento de aspectos referenciais de uma relação.

 Daniel Abreu em "Perro" (Foto: Divulgação)

Amanhã, sábado, 7 de julho, será a vez de Daniel Abreu, com o espetáculo Perro, um trabalho sobre dualidade, triunfos e lutas internas e externas próprias do cotidiano inexplicável. O guerreiro e o manso, um personagem contra os observadores, a parede e seus próprios medos. Ao final, uma luta contra o ar. O corpo em constante contradição é o único instrumento visível ou, pelo menos, previsível. Com este solo, o intérprete-criador espanhol foi vencedor do Prêmio Nacional de Dança de 2014, concedido pela La Fundición de Bilbao.

Carmen Werner em "De Parte de Ella" (Foto: Divulgação)

Para julho ainda está prevista a homenagem à renomada bailarina e coreógrafa madrilena Carmen Werner, uma das artistas mais renomadas da Dança na Espanha e na Europa. No dia 28, a dançarina performa De Parte de Ella, um trabalho reflexivo sobre o sentido da vida, entre outras questões.

Anote!

06/07 – 20h
Open Wound + Antípodas + Cualquier Mañana | Álvaro Esteban e Laura Aris (Espanha)
(Classificação indicativa: 16 anos)

07/07 – 10h
Workshop: “Desde Aquí”
Com Daniel Abreu (Espanha)

07/07 - 20h
Perro | Daniel Abreu (Espanha)
(Classificação indicativa: 18 anos)

28/07 – 20h
De Parte de Ella | Carmen Werner (Espanha)
(Classificação indicativa: 16 anos)

Veja também